„Então meu amado foi se fechando com seu cachimbo e seu Proust, solidão de bicho de caramujo, pode bater que não abro.“

As Meninas

Última atualização 22 de Maio de 2020. História
Lygia Fagundes Telles photo
Lygia Fagundes Telles75
escritora e advogada brasileira 1923

Citações relacionadas

„Bicha! Sua bicha horrorosa!“

—  José Castelo Branco 1962

tratamento reservado a qualquer pessoa.

Pablo Neruda photo
Pablo Picasso photo

„Não se pode fazer nada sem a solidão.“

—  Pablo Picasso pintor espanhol 1881 - 1973

Nada puede hacerse sin soledad
citado em Punta Europa: Volume 2,Edições 18-24 - página 154, Vicente Marrero Suárez - 1957
Atribuídas

Christopher Marlowe photo
Marilyn Monroe photo
Friedrich Nietzsche photo

„Na solidão, o solitário devora a si mesmo; na multidão devoram-no inúmeros. Então escolhe.“

—  Friedrich Nietzsche, livro Humano, Demasiado Humano

In der Einsamkeit frisst sich der Einsame selbst auf, in der Vielsamkeit fressen ihn die Vielen. Nun wähle.
Menschliches, Allzumenschliches: Ein Buch für freie Geister : Dem Andenken Voltaire's geweiht zur Gedächtniss-Feier seines Todestages, des 30. Mai 1778, página 149, Friedrich Wilhelm Nietzsche - E. Schmeitzner, 1878 - 377 páginas
Humano, demasiado humano

Gerson De Rodrigues photo
João Cabral de Melo Neto photo
Stendhal photo

„Pode-se adquirir tudo na solidão, menos o carácter.“

—  Stendhal 1783 - 1842

Variante: Pode-se adquirir tudo na solidão, menos o caráter.

Stendhal photo
Gabriel García Márquez photo

„Elas ficam me olhando. Que bicho feião“

—  Daminhão Experiença 1935 - 2016

Fonte: Site oficial (http://www.damiaoexperienca.net/bio.htm)

Marcello Antony photo

„A minha postura era a de um bicho acuado. Eu era um cachorro morto.“

—  Marcello Antony 1965

Ao ser preso por porte de 97 gramas de maconha em abril.
Fonte: Revista ISTOÉ Gente, edição 249 http://www.terra.com.br/istoegente/249/frases/index.htm (17/05/2004)

Propércio photo

„Só pode ser feliz com uma amada apenas / quem nunca traz no peito a liberdade.“

—  Propércio -47 - -14 a.C.

"Is poterit felix una remanere puella, / qui numquam uacuo pectore liber erit."
Elegias. 1.10.29-30 https://books.google.com.br/books?id=8RGdCgAAQBAJ&pg=PT70. Sexto Propércio; tradução e organização de Guilherme Gontijo Flores.

Tópicos relacionados