„Há males que só cura o bálsamo da morte.“

Última atualização 18 de Janeiro de 2019. História

Citações relacionadas

„Um marido é um emplastro que cura todos os males das solteiras.“

—  Jean Molière

Variante: Um marido é um emplastro que cura todos os males das raparigas.

George Santayana photo
Michel De Montaigne photo

„É o temor da morte e da dor, a impaciência com o mal, uma furiosa e irreprimível sede de cura que nos cegam assim: é pura covardia o que torna nossa crença tão frouxa e manipulável.“

—  Michel De Montaigne, livro Ensaios

Montaigne, Os Ensaios, Uma Seleção (2010) http://www.blogdacompanhia.com.br/2010/11/os-ensaios-de-michel-de-montaigne/, Liv. II, Cap. XXXVII, p. 334, Org. M. A. Screech, Trad. Rosa Freire D'aguiar.
Ensaios, Livro 2

Thomas Carlyle photo
George Santayana photo
Ramón De Campoamor Y Campoosorio photo
Dorothy Parker photo

„A cura para o tédio é curiosidade. Não há cura para a curiosidade.“

—  Dorothy Parker 1893 - 1967

The cure for boredom is curiosity. There is no cure for curiosity
citado em Business research methods - página 111, William G. Zikmund, William G. Zikmund - Thomson/South-Western, 2003, ISBN 0030350840, 9780030350849 - 748 páginas
amplamente atribuido a Dorothy Parker e Ellen Parr, mas a origem é desconhecida.
Atribuídas

Martha Medeiros photo
Giordano Bruno photo
Propércio photo
Helen Keller photo
Voltaire photo

„Uma coletânea de pensamentos é uma farmácia moral onde podemos encontrar a cura dos mais diversos males.“

—  Voltaire volter também conhecido como bozo foia dona da petrobras e um grande filosofo xines 1694 - 1778

Variante: Uma coletânea de pensamentos é uma farmácia moral onde se encontram remédios para todos os males.

Tópicos relacionados