„Nunca vou conhecer meus netos", disse ela.
Coleman estava preparado. O importante era não pensar no cabelo de Iris e deixar que sua mãe falasse, deixá-la encontrar sua fluência e, com base no fluxo suave de suas próprias palavras, criar para ele uma desculpa.
"Você nunca vai deixar que eles me vejam", prosseguiu sua mãe. "Nunca vai deixar eles saberem quem eu sou. 'Mamãe', você vai me dizer, 'vá à estação rodoviária de Nova York, fique sentada na sala de espera, que às onze e vinte e cinco eu passo com os meus filhos, todos eles endomingados. 'Fique sentadinha, mamãe, não diga nada, que eu passo com eles bem devagar'. E você sabe muito bem que eu vou estar lá. A estação rodoviária. O jardim zoológico. O Central Park. O que você disser, é claro que eu vou fazer. Você me diz que a única maneira de eu pegar os meus netos é você me contratar pra tomar conta deles, dizendo que meu nome é sra. Brown, e eu aceito. É claro que eu faço o que você mandar. Eu não tenho opção.“

—  Philip Roth, The Human Stain
Publicidade

Citações relacionadas

Clarice Lispector photo
Chico Anysio photo
Publicidade
 Romario photo
Publicidade
Arthur Schopenhauer photo
Rubens Barrichello photo
Agatha Christie photo
Albert Camus photo
Publicidade
Kito Aya photo
Ciro Gomes photo
Nando Reis photo
Henry Ward Beecher photo
Próximo