Frases de Plínio, o Velho

Plínio, o Velho foto

15   0

Plínio, o Velho

Data de nascimento: 23 d.C.
Data de falecimento: 25. Agosto 79 d.C.
Outros nomes: Starší Plinius, Plinio il Vecchio

Caio Plínio Segundo , conhecido também como Plínio, o Velho, foi um naturalista romano.


„Não há mal que não tenha uma ponta de bem.“

„Do que não se pode alcançar, baste-nos o que temos desejado.“


„O homem é o único animal que não aprende nada sem ser ensinado: não sabe falar, nem caminhar, nem comer, enfim, não sabe fazer nada no estado natural, a não ser chorar.“

„Nenhum governo é tão detestado como aquele que mais convém ao povo.“

„De modo que não é fácil estabelecer se (a natureza) foi para o homem mais uma boa mãe do que uma madrasta cruel.“

„O maior número de males que o homem padece provém do próprio homem.“

„O hábito é o melhor mestre em todas as coisas.“

„O homem é o único ser que, ao nascer, nu sobre a terra nua, é abandonado ao vagido e ao pranto; e nenhum animal é mais propenso às lágrimas do que ele, desde o início da vida.“


„Nenhum livro é tão ruim que não possa ser útil sob algum aspecto.“

„Quanto mais feliz, mais breve é o tempo.“

„Não pertence às nossas acções correrem atrás da glória; à glória é que pertence segui-las.“

„Todos os animais conhecem o que lhes é salutar, excepto o homem.“


„Tem um único defeito: o de não ter defeitos.“

„É mesmo verdade que a maior parte dos males que ocorrem ao homem são provocados por ele próprio.“

„No vinho está a verdade.“

Autores parecidos