Frases de Félicité Robert de Lamennais

Félicité Robert de Lamennais foto

17   1

Félicité Robert de Lamennais

Data de nascimento: 19. Junho 1782
Data de falecimento: 27. Fevereiro 1854
Outros nomes: Félicité de Lamennais

Hughes Félicité Robert de Lamennais , foi um filósofo e escritor político francês.


„Temos de respeitar mutuamente o direito do outro, e este é o começo do direito, da justiça.“

„O grito do pobre sobe até Deus, mas não chega aos ouvidos do homem.“


„Justiça é não fazer a outrém o que não queríamos que nos fizessem.“

„Quando alguém vos mostrar os grandes e poderosos da terra e vos disser: Aí estão os teus amos, não lhe deis ouvidos. Se forem justos, serão vossos servidores; se injustos, vossos tiranos.“

„A liberdade é o pão que os povos têm de ganhar com o suor do rosto.“

„O trabalho está em todo o lado e o sofrimento também: só que há trabalhos estéreis e trabalhos fecundos, sofrimentos infames e sofrimentos gloriosos.“

„A liberdade não é um cartaz, que se lê na esquina de qualquer rua; é, sim, um poder vivo, que cada um sente em si mesmo, e em torno de si; é o génio protector do lar doméstico, a garantia dos direitos sociais, e o primeiro desses direitos.“

„A moral ensina a moderar as paixões, a cultivar as virtudes e a reprimir os vícios.“


„O remorso é uma dor que nos adverte da existência em nós de algumas desordens; serve, como a dor física, para a conservação da vida.“

„Dado mesmo que as mulheres fossem imortais, nunca conheceriam o último amante.“

„Não há sociedade possível sem o dever, que compreende a justiça e a caridade.“

„As lágrimas cuja amargura é pura, são as que não caem no seio de ninguém e que ninguém consola.“


„A moral é uma planta cujas raízes estão no céu, e cujos frutos e flores embelezam e embalsamam a terra.“

„Não apreciamos bem nos outros senão as qualidades que julgamos possuir.“

„A fé começa onde o orgulho acaba. Tirai a fé, e tudo perecerá: ela é a alma da sociedade e a própria substância da vida humana. A fé dirige e precede necessariamente todas as nossas acções; está na natureza humana e é a primeira condição da sua existência.“

„A ciência para nada mais serve do que para dar-nos uma ideia da extensão da nossa ignorância.“

Autores parecidos