Frases de Carlos Drummond de Andrade

Carlos Drummond de Andrade photo
213   231

Carlos Drummond de Andrade

Data de nascimento: 31. Outubro 1902
Data de falecimento: 17. Agosto 1987

Carlos Drummond de Andrade foi um poeta, contista e cronista brasileiro, considerado por muitos o mais influente poeta brasileiro do século XX. Drummond foi um dos principais poetas da segunda geração do Modernismo brasileiro. Wikipedia

Photo: Unknown, Arquivo Nacional / Public domain

Obras

As Impurezas do Branco
As Impurezas do Branco
Carlos Drummond de Andrade
Claro Enigma
Claro Enigma
Carlos Drummond de Andrade
O Amor Natural
O Amor Natural
Carlos Drummond de Andrade

„Também temos saudade do que não existiu, e dói bastante.“

—  Carlos Drummond de Andrade

Variante: Sentimos falta até do que não existiu, e dói muito.

„Um dia eu separo um tempinho e ponho em dia todos os choros que não tenho tido tempo de chorar“

—  Carlos Drummond de Andrade

carece de fontes
Sem referencial bibliográfico

„Amor e seu tempo (…) "Amor é o que se aprende no limite,/depois de se arquivar toda a ciência/ Herdada, ouvida. Amor começa tarde."“

—  Carlos Drummond de Andrade, livro As Impurezas do Branco

(CDA) In: As Impurezas do Branco, p. 728
Variante: Amor é o que se aprende no limite,
depois de se arquivar toda a ciência
herdada, ouvida. Amor começa tarde.

„A vida se renova na esperança de um dia novo.“

—  Carlos Drummond de Andrade

"Poesia completa: conforme as disposições do autor", ‎de Carlos Drummond de Andrade, Gilberto Mendonça Teles - Publicado por Nova Aguilar, 2002 - 1599 páginas, Página 343

„Se procurar bem você acaba encontrando. Não a explicação (duvidosa) da vida, Mas a poesia (inexplicável) da vida.“

—  Carlos Drummond de Andrade

Variante: Lembrete Se procurar bem, você acaba encontrando não a explicação (duvidosa) da vida, mas a poesia (inexplicável) da vida.. Declaração de amor. Ed. Record.

„E cada instante é diferente, e cada homem é diferente, e somos todos iguais“

—  Carlos Drummond de Andrade

"Poesia até agora‎" - Página 224, de Carlos Drummond de Andrade - Publicado por J. Olympio, 1948 - 257 páginas
Variante: E cada instante é diferente, e cada
homem é diferente, e somos todos iguais.

Autores parecidos

Fernando Pessoa photo
Fernando Pessoa931
poeta português
Mário Quintana photo
Mário Quintana396
Escritor brasileiro
Charles Bukowski photo
Charles Bukowski189
Poeta, Escritor e Romancista
Millôr Fernandes photo
Millôr Fernandes283
cartunista, humorista e dramaturgo brasileiro.
Thomas Stearns Eliot photo
Thomas Stearns Eliot31
poeta, dramaturgo e crítico literário estadunidense
Rabindranath Tagore photo
Rabindranath Tagore76
Poeta bengali e filósofo
Luigi Pirandello photo
Luigi Pirandello42
dramaturgo, poeta e romancista siciliano
Cora Coralina photo
Cora Coralina34
poetisa e contista brasileira
Paulo Coelho photo
Paulo Coelho390
escritor e letrista brasileiro
Aniversários de hoje
Voltaire photo
Voltaire309
volter também conhecido como bozo foia dona da petrobras e … 1694 - 1778
Dante Alighieri photo
Dante Alighieri75
italiano autor da epopéia, A divina comédia, considerado um… 1265 - 1321
Alexander Pope photo
Alexander Pope46
1688 - 1744
Mário Lago photo
Mário Lago10
1911 - 2002
Outros 45 aniversários hoje
Autores parecidos
Fernando Pessoa photo
Fernando Pessoa931
poeta português
Mário Quintana photo
Mário Quintana396
Escritor brasileiro
Charles Bukowski photo
Charles Bukowski189
Poeta, Escritor e Romancista
Millôr Fernandes photo
Millôr Fernandes283
cartunista, humorista e dramaturgo brasileiro.
Thomas Stearns Eliot photo
Thomas Stearns Eliot31
poeta, dramaturgo e crítico literário estadunidense