Frases do livro
Os Maias

Os Maias é uma das obras mais conhecidas do escritor português Eça de Queiroz, publicado pela Livraria Lello & Irmão no Porto, em 1888. A obra ocupa-se da história de uma família ao longo de três gerações, centrando-se depois na última com a história de amor entre Carlos da Maia e Maria Eduarda.


Eça de Queiroz photo

„no fundo, nós somos todos fadistas: do que gostamos é de vinhaça e viola e bordoada, e viva lá sô compadre“

—  Eça de Queiroz, livro Os Maias

acerca os portugueses
"Os Maias", Livro I, capítulo X (veja wikisource)
Aforismos

Eça de Queiroz photo

„Poupe-se ao boi a vista ao malho.“

—  Eça de Queiroz, livro Os Maias

"Os Maias", Livro I, capítulo IV (veja wikisource)
Aforismos

Autores parecidos

Eça de Queiroz photo
Eça de Queiroz153
Escritor e diplomata português 1845 - 1900
Liev Tolstói photo
Liev Tolstói166
escritor russo
Ruy Barbosa photo
Ruy Barbosa69
político, escritor e jurista brasileiro
Honoré De Balzac photo
Honoré De Balzac224
Escritor francês
Machado de Assis photo
Machado de Assis401
escritor brasileiro
Oscar Wilde photo
Oscar Wilde666
Escritor, poeta e dramaturgo britânico de origem irlandesa
Autores parecidos
Eça de Queiroz photo
Eça de Queiroz153
Escritor e diplomata português 1845 - 1900
Liev Tolstói photo
Liev Tolstói166
escritor russo
Ruy Barbosa photo
Ruy Barbosa69
político, escritor e jurista brasileiro
Honoré De Balzac photo
Honoré De Balzac224
Escritor francês