Citações sobre morte e despedida

Tópicos relacionados
Gerson De Rodrigues photo

„Poema - Uma triste história de amor

Há Muito tempo
nos confins do universo
existia uma triste história de amor

A Morte se apaixonou pela solidão
e deste amor improvável
nasceu uma triste criança

A Solidão não suportava a sua tristeza
e todas as noites
ela era atormentada por sua terrível melancolia

A Morte ao escutar aquela criança chorar
seus olhos embargavam-se de sangue

O Universo estava em crise
os deuses questionavam a sua própria divindade
e a presença daquela inocente criança
faziam os diabos chorarem

Como em um conto de fadas
ou em uma poesia de amor
aquela criança trouxe a aquele mundo fantástico
sentimentos de dor

Mas que culpa tinha a pobre criança?

O brilho em seus olhos
expressavam a morte das estrelas
e as suas asas tão belas
eram negras como o próprio universo

A Solidão nunca foi capaz de amar
o seu próprio filho

E a sua paixão pela morte
era como uma sinfonia perfeita

A Morte não roubava a sua Solitude
e a solidão não entregava a Morte
sentimentos de dor

A Sinfonia de um relacionamento perfeito
deu origem a uma criança maldita

Com o universo em desequilíbrio
a solidão pegou o seu próprio filho em seus braços
e para não sacrificar a sua solitude
a arremessou no mundo dos homens

Essa criança sou eu…

A Minha alma foi aprisionada no corpo
de uma criança humana
eu cresci no lar de uma família
que nunca foi capaz de me amar

Caminhei sozinho durante noites solitárias
e as únicas coisas que me atraiam
eram as sinfonias das estrelas ao se apagarem

Eu sou o filho bastardo da solidão
e não há nada neste mundo
capaz de preencher o vazio que existe em meu peito

Se não fosse a música,
o diabo que vive em mim já teria enlouquecido

Eu passo noites de insônia acordado
escutando as mais melancólicas sinfonias
esperando que em uma bela manhã
a morte venha me encontrar

Deitado submerso em uma banheira
repleta de água
eu vejo o sangue dos meus punhos
fundirem-se com a canção das estrelas

A Solidão chorava por ter abandonado o seu próprio filho
e aquela pobre criança
que a muito tempo foi arremessada no mundo dos homens
sorri pela primeira vez
submersa em uma banheira de sangue“

—  Gerson De Rodrigues poeta, escritor e anarquista Brasileiro 1995

Paulo de Tarso photo
William Blake photo

„O amor não busca agradar a si mesmo / Nem destina qualquer cuidado a si próprio / Mas se dá facilmente ao outro, / E constrói um Paraíso no desespero do Inferno.“

—  William Blake 1757 - 1827

Love seeketh not itself to please, nor for itself hath any care, but for another gives its ease, and builds a Heaven in Hell's despair
poema The Clod and the Pebble publicado em Songs of Experience em 1794.

Friedrich Nietzsche photo

„Odeio quem me rouba a solidão sem verdadeiramente me oferecer companhia.“

—  Friedrich Nietzsche filósofo alemão do século XIX 1844 - 1900

Variante: Odeio quem me rouba a solidão sem em troca me oferecer verdadeira companhia.

Bertrand Russell photo
Rachel de Queiroz photo
William Shakespeare photo
Bruce Lee photo

„Lembre-se, o sucesso é uma jornada, não um destino. Tenha fé em sua capacidade.“

—  Bruce Lee Ator chinês-americano, artista marcial 1940 - 1973

Atribuídas, Aforismos

Layne Staley photo

„Eu sei que estou perto de morte.“

—  Layne Staley cantor e compositor americano 1967 - 2002

Amy Winehouse photo
Vincent Van Gogh photo
Yamamoto Tsunetomo photo

„Uma vez que a morte está sempre à nossa porta, devemos ser preparados e agir rápido.“

—  Yamamoto Tsunetomo 1659 - 1719

Hagakure - O Livro do Samurai, Capítulo I, Capítulo II

Leonardo Da Vinci photo
Emil Mihai Cioran photo
Leonardo DiCaprio photo
Friedrich Nietzsche photo

„O que não provoca minha morte faz com que eu fique mais forte.“

—  Friedrich Nietzsche filósofo alemão do século XIX 1844 - 1900

Was mich nicht umbringt, macht mich stärker.
Friedrich Nietzsche, Götzen-Dämmerung - Sprüche und Pfeile, 8

Stefano Benni photo
David Herbert Lawrence photo

„Eu nunca vi algo selvagem ter pena de si mesmo, um pássaro cairá morto de um galho sem jamais ter sentido pena de si mesmo.“

—  David Herbert Lawrence 1885 - 1930

"I never saw a wild thing / Sorry for itself. / A small bird will drop frozen dead from a bough / without ever having felt sorry for itself."
The Complete poems of D. H. Lawrence, Página 13 http://books.google.com.br/books?id=cQYRp8EQrzUC&pg=PR13, David Herbert Lawrence, Wordsworth Editions, 1994 - 352 páginas.

„Lorem ipsum dolor sit amet, consectetuer adipiscing elit. Etiam egestas wisi a erat. Morbi imperdiet, mauris ac auctor dictum.“

Aniversários de hoje
Marilyn Monroe photo
Marilyn Monroe84
Atriz americana 1926 - 1962
Guy De Maupassant photo
Guy De Maupassant21
1850 - 1893
Friedrich Engels photo
Friedrich Engels9
Cientista social alemão , autor, teórico político e filósofo 1820 - 1895
Oswaldo Cruz photo
Oswaldo Cruz3
médico e bacteriólogo brasileiro 1872 - 1917
Outros 39 aniversários hoje