„Ninguém pode amar a liberdade sinceramente, senão pessoas boas; as demais amam não a liberdade, mas a licenciosidade.“

Última atualização 20 de Setembro de 2019. História
John Milton photo
John Milton24
1608 - 1674

Citações relacionadas

Pierre-Augustin de Beaumarchais photo

„Sem liberdade de criticar, não existe elogio sincero.“

—  Pierre-Augustin de Beaumarchais 1732 - 1799

Variante: Sem a liberdade de criticar não existe elogio lisonjeiro.

Spinoza photo

„Nenhum ato pode ser chamado de mau senão relativamente à nossa liberdade.“

—  Spinoza Filósofo Holandês 1632 - 1677

Carta 21 - correspondência

Malcolm X photo
Agostinho da Silva photo
Eduardo Galeano photo
Thich Nhat Hanh photo
Frédéric Bastiat photo

„Eu não consigo sinceramente entender como a fraternidade pode ser legalmente forçada, sem que a liberdade seja legalmente destruída e, em conseguencia, a justiça legalmente pisada.“

—  Frédéric Bastiat, livro A Lei

I cannot possibly understand how fraternity can be legally enforced without liberty being legally destroyed, and thus justice being legally trampled underfoot.
The Law / Frédéric Bastiat; tradução do francês por Dean Russell - pagina 22 https://admin.fee.org/files/doclib/20121116_thelaw.pdf
A Lei

Thomas Jefferson photo
Walter Benjamin photo
Walter Benjamin photo
Agostinho da Silva photo
Walt Whitman photo
Andrzej Frycz Modrzewski photo

„Sem leis não pode haver verdadeira liberdade.“

—  Andrzej Frycz Modrzewski 1503 - 1572

bez praw nie może być prawdziwej wolności.
citado em "Historja literatury niepodleglej ṗolski (z wypisami)".‎ - Página 121, de Ignacy Chrzanowski - Editora Naklad Gebethnera i Wolffa1922 - 618 páginas

Victor Hugo photo
Cecília Meireles photo

„A liberdade, ao fim e ao cabo, não é senão a capacidade de viver com as consequências das próprias decisões.“

—  James T. Mullen militar norte-americano 1843 - 1891

Freedom, after all, is simply being able to live with the consequences of your decisions.
citado em "The Reader's digest", Volume 149, Edições 891-896‎ - Página 31, 1996

José Maria Latino Coelho photo

Tópicos relacionados