„Eu te amo, homem, amo o teu coração, o que é, a carne de que é feito, amo sua matéria, fauna e flora, seu poder de perecer, as aparas de tuas unhas perdidas nas casas que habitamos, os fios de tua barba. Esmero.“

— Adélia Prado

Publicidade

Citações relacionadas

Paulo Freire foto
Sigmund Freud foto
Publicidade
Pablo Neruda foto
Pablo Neruda foto
Fernando Pessoa foto
Pablo Neruda foto
Simone Bittencourt de Oliveira foto
John Lennon foto
Publicidade
Bob Marley foto
Pablo Neruda foto
Daryl Hannah foto
Pablo Neruda foto
Publicidade
Scott Adams foto
Charlie Chaplin foto

„Pelas barbas do profeta!“

— Silvio Luiz 1934
ao narrar uma jogada que levou perigo de gol

Próximo