„"Acima de tudo, buscar a posse de bens imateriais, pois é isto que levamos quando partimos.
A vida há de tirar-lhe tudo. E por fim, restará a sua mais poderosa virtude: o conhecimento.
Infeliz daquele que buscou a verdade apenas no exterior, e nunca em seu infindo interior. Apenas com uma profunda reflexão de si mesmo, poderás conhecer a verdade, e enxergar as coisas com um pouco mais de clareza e racionalidade.
Não conhecerás a verdade absoluta à cerca de todas as coisas, e sim, estará menos distante dela. Contudo, defrontar-me-ei apenas com os fatos essenciais da vida: a beleza da natureza, o amor, e o conhecimento.
Não viverei uma vida falsa, padronizada e imposta por uma sociedade gananciosa que caminha rumo à anulação da ideia do homem, sendo a vida tão maravilhosa e tendo tanto a ensinar-me."“

Citações relacionadas

Henry David Thoreau photo
Clarice Lispector photo
René Descartes photo

„Se quiser buscar realmente a verdade, é preciso que pelo menos um vez em sua vida você duvide, ao máximo que puder, de todas as coisas.“

—  René Descartes 1596 - 1650

Atribuídas
Fonte: J. Darling, David (2004) em The Universal Book of Mathematics. Wiley; pág. 90. ISBN 978-0-471-27047-8.

René Descartes photo
Tati Bernardi photo
John Keats photo
Carlos Bernardo Gonzalez Pecotche photo
Esta tradução está aguardando revisão. Está correcto?
Heath Ledger photo
Arnaldo Jabor photo
Vergílio Ferreira photo
Fernando Pessoa photo
Robert Ryan photo
Anne-Thérèse de Marguenat de Courcelles photo

„Há apenas duas épocas da vida nas quais a verdade se revela utilmente a nós: na juventude, para nos instruir; e na velhice, para nos consolar. No tempo das paixões, a verdade nos abandona.“

—  Anne-Thérèse de Marguenat de Courcelles 1647 - 1733

Il n'y a que deux temps dans la vie où la vérité se montre utilement à nous : dans la jeunesse , pour nous instruire ; dans la vieillesse , pour nous consoler. Dans le temps des passions la vérité nous abandonne.
Marquesa de Lambert in: Oeuvres complètes de Madame la Marquise de Lambert: suivies de ses lettres a plusieurs personnages célèbres - página 1 https://books.google.com.br/books?id=P6EGAAAAQAAJ&pg=PA1, Anne Thérèse de Marguenat de Courcelles marquise de Lambert - L. Collin, 1808, 408 páginas

Fernando Pessoa photo

„Isso não é o meu amor; é apenas a sua vida.“

—  Fernando Pessoa poeta português 1888 - 1935

"Autobiografia sem Factos". Assírio & Alvim, Lisboa, 2006, p. 290
Autobiografia sem Factos

Fernando Pessoa photo

„Convicções profundas, só as têm as criaturas superficiais. Os que não reparam para as coisas quase que as vêem apenas para não esbarrar com elas, esses são sempre da mesma opinião, são os íntegros e os coerentes. A política e a religião gastam dessa lenha, e é por isso que ardem tão mal ante a Verdade e a Vida.“

—  Fernando Pessoa poeta português 1888 - 1935

Variante: Convicções profundas só as têm as criaturas superficiais. Os que não reparam para as coisas quase que as veem apenas para não esbarrar com elas, esses são sempre da mesma opinião, são os íntegros e os coerentes. A política e a religião gastam dessa lenha, e é por isso que ardem tão mal entre a Verdade e a Vida.

„Lorem ipsum dolor sit amet, consectetuer adipiscing elit. Etiam egestas wisi a erat. Morbi imperdiet, mauris ac auctor dictum.“