„Ninguém poderia sobreviver à compreensão instantânea da dor universal, pois cada coração só foi moldado para uma certa quantidade de sofrimentos. Existem como que limites materiais para nossa resistência; entretanto, a expansão de cada desgosto os alcança e, às vezes, os ultrapassa: é frequentemente a origem de nossa ruína. Daí deriva a impressão de que cada dor, cada desgosto, são infinitos. Eles o são, na verdade, mas somente para nós, para os limites de nosso coração; e mesmo que este tivesse as dimensões do vasto espaço, nossos males seriam ainda mais vastos, pois toda dor substitui o mundo e de cada desgosto faz outro universo. A razão esforça-se inutilmente para mostrar-nos as proporções infinitesimais de nossos acidentes; fracassa ante nossa tendência para a proliferação cosmogônica. Daí decorre que a verdadeira loucura nunca é devida aos acasos ou aos desastres do cérebro, mas à concepção falsa do espaço que o coração se forja…“

A Short History of Decay

Última atualização 22 de Maio de 2020. História

Citações relacionadas

Emil Mihai Cioran photo
Claude Aveline photo
Edmond Haraucourt photo

„Chame-me! Cada dia, cada dia mais forte, o desgosto enche meu coração por lhe negar, mas ante a glória da tua graça impune, ajoelha-se o meu ódio e camada de meu remorso.“

—  Edmond Haraucourt 1856 - 1941

Honte à moi! Chaque jour, et chaque jour plus fort, le dégoût vient gonfler mon cSur qui te renie; Mais devant le splendeur de ta grâce impunie, s'agenouille ma haine et couche mon remord.
citado por Antonio de Hoyos y Vinent em A flor de piel

Napoleon Hill photo
Cesare Pavese photo
Marguerite Yourcenar photo
Julie de Lespinasse photo
Aristoteles photo
Antoine de Saint-Exupéry photo
Theodore Dalrymple photo

„[…]a divisão entre bem e mal perpassa cada coração humano.“

—  Theodore Dalrymple 1949

livro Qualquer coisa serve (Título original: Anything Goes)

Caetano Veloso photo

„Cada um sabe a dor e a delícia de ser o que é“

—  Caetano Veloso músico, produtor, arranjador e escritor brasileiro 1942

na música "Dom de Iludir"

Haruki Murakami photo
Agostinho da Silva photo
Johann Wolfgang von Goethe photo
Augusto Cury photo