„Não há nada mais triste que uma ausência (…), só fica uma pungente melancolia, esta que faz (…) sentar ao cravo e tocar um pouco, quase nada, apenas passando os dedos pelas teclas como se estivessem olhando um rosto quando já as palavras foram ditas ou são de menos.“

Memorial do Convento

Obtido da Wikiquote. Última atualização 21 de Maio de 2020. História
José Saramago photo
José Saramago303
escritor português 1922 - 2010

Citações relacionadas

Demóstenes photo
Salazar photo
Gustave Flaubert photo
Esta tradução está aguardando revisão. Está correcto?
Edward Estlin Cummings photo
Denis Diderot photo

„Não se retém quase nada sem o auxílio das palavras, e as palavras quase nunca bastam para transmitir precisamente o que se sente.“

—  Denis Diderot 1713 - 1784

On ne retient presque rien sans le secours des mots, et les mots ne suffisent presque jamais pour rendre précisément ce que l'on sent
"Pensées Détachées sur la Peinture" in: "Oeuvres de Denis Diderot", Volume 4‎ - Página 530 http://books.google.com.br/books?id=a9ATAAAAQAAJ&pg=PA530, Denis Diderot - A. Belin, 1818

Paul Verlaine photo
Orival Pessini photo
Henrik Ibsen photo
Gottfried Wilhelm Leibniz photo
Nando Reis photo
Millôr Fernandes photo
Esta tradução está aguardando revisão. Está correcto?
Bodhidharma photo
Johnny Depp photo
Victor Hugo photo

„A melancolia é a felicidade de se ser triste.“

—  Victor Hugo poeta, romancista e dramaturgo francês 1802 - 1885

Variante: A melancolia é a felicidade de estar triste.

Mário Quintana photo

Tópicos relacionados