„Todas as religiões são fundadas sobre o temor de muitos e a esperteza de poucos.“

—  Stendhal

Citações relacionadas

Stendhal photo

„Todas as religiões baseiam-se no medo de muitos e na esperteza de poucos.“

—  Stendhal 1783 - 1842

Toutes les religions — excepté la véritable, celle du lecteur — sont fondées sur la peur du plus grand nombre et l'adresse de quelques-uns.
citado em "Stendhal-Beyle" - página 224, Arthur Chuquet - Plon-Nourrit et cie, 1902 - 548 páginas
Atribuídas

Thomas Jefferson photo
Tancredo Neves photo

„Esperteza, quando é muita, come o dono.“

—  Tancredo Neves político brasileiro, presidente eleito no Brasil mas que não tomou posse 1910 - 1985

Antoine de Rivarol photo

„Um pouco de filosofia afasta-nos da religião; muita filosofia faz-nos voltar a ela.“

—  Antoine de Rivarol 1753 - 1801

Variante: Um pouco de filosofia nos afasta da religião; muita filosofia a ela nos reconduz.

Jaime Balmes photo
Bruna Surfistinha photo

„Quem não é humilde por natureza, tem que ser humilde por esperteza“

—  Pedro Bial Apresentador de TV, jornalista, escritor, cineasta e poeta brasileiro 1958

Thomas Alva Edison photo
George Sand photo
Napoleão Bonaparte photo

„Todas as religiões foram criadas pelo homem.“

—  Napoleão Bonaparte monarca francês, militar e líder político 1769 - 1821

Pitágoras photo

„Não digas pouco em muitas palavras, mas muito em poucas.“

—  Pitágoras -585 - -495 a.C.

To say not a little in many words, but a great deal in a few.
Pitágoras citado em Glasgow mechanics' magazine, and annals of philosophy: Volume 2 - Página 151 http://books.google.it/books?id=LA4AAAAAMAAJ&pg=PA151, W.R. M'Phun., 1825
Atribuídas

Edgar Allan Poe photo
Remy de Gourmont photo
Anatole France photo
Immanuel Kant photo

„Só há uma religião verdadeira, mas pode haver muitas espécies de fé.“

—  Immanuel Kant 1724 - 1804

Es ist nur eine (wahre) Religion; aber es kann vielerlei Arten 'des' Glaubens geben.
Die Religion innerhalb der Grenzen der blossen Vernunft - página 145 http://books.google.com.br/books?id=5swGAAAAcAAJ&pg=PA145, Immanuel Kant, bey Friedrich Nicolovius, 1793, 296 páginas

„Lorem ipsum dolor sit amet, consectetuer adipiscing elit. Etiam egestas wisi a erat. Morbi imperdiet, mauris ac auctor dictum.“