„A força dos maus é eles considerarem-se bons e vítimas dos caprichos alheios.“

Citações relacionadas

Friedrich Nietzsche photo

„A vítima esta sempre alheia ao mal“

—  Friedrich Nietzsche filósofo alemão do século XIX 1844 - 1900

Henry Louis Mencken photo
Machado de Assis photo
Friedrich Nietzsche photo
François de La  Rochefoucauld photo

„Todos nós temos a força suficiente para suportar os males alheios.“

—  François de La Rochefoucauld Escritor, moralista e memorialista francês 1613 - 1680

Variante: Todos nós temos a força suficiente para suportar os males dos outros.

Woody Allen photo

„Há dois tipos de pessoas neste mundo: bons e maus. O sono dos bons é melhor, mas os maus parecem gozar as horas de vigília muito mais“

—  Woody Allen cineasta, roteirista, escritor, ator e músico norte-americano 1935

There are two types of people in this world: good and bad. The good sleep better, but the bad seem to enjoy the waking hours much more
Woody Allen citado em "Laugh Off: The Comedy Showdown Between Real Life and the Pros" - Página 176, Bob Fenster - Andrews McMeel Publishing, 2005, ISBN 0740754688, 9780740754685 - 288 páginas
Atribuídas

Oscar Wilde photo

„A única diferença entre o capricho e a paixão eterna é que o capricho dura um pouco mais.“

—  Oscar Wilde Escritor, poeta e dramaturgo britânico de origem irlandesa 1854 - 1900

Variante: A única diferença entre um capricho e uma paixão eterna é que o capricho dura um pouco mais.

Marquês de Maricá photo
Marquês de Maricá photo
Blaise Pascal photo
Marquês de Maricá photo
Francis Bacon photo
Dominique Bouhours photo
Francis Bacon photo

„O dinheiro é um bom criado, mas um mau senhor.“

—  Francis Bacon página de desambiguação da Wikimedia 1561 - 1626

Honoré De Balzac photo
William Shakespeare photo
Miguel de Cervantes photo

„A virtude é mais perseguida pelos maus do que amada pelos bons.“

—  Miguel de Cervantes 1547 - 1616

la virtud mas es perseguida de los malos, que amada de los buenos.
Obras de Miguel de Cervantes Saavedra: Don Quijote - Página 294 https://books.google.com.br/books?id=8KcGAAAAQAAJ&pg=PA294, Miguel de Cervantes Saavedra, ‎Martín Fernández de Navarrete, ‎María de Zayas y Sotomayor - Baudry, 1841

„Lorem ipsum dolor sit amet, consectetuer adipiscing elit. Etiam egestas wisi a erat. Morbi imperdiet, mauris ac auctor dictum.“