„Se não há homens insubstituíveis, há palavras que são insubstituíveis. Elas, de resto, não exprimem nunca o conflito, mas o seu fantasma; e o fantasma duma realidade está subordinado à escolha estrita das palavras. Aí repousa o estrato da confiança humana.“

Publicidade

Citações relacionadas

Octavio Paz photo
Publicidade
Arthur Schopenhauer photo
José Agripino Maia photo
Woody Allen photo
 Sófocles photo
Octavio Paz photo
Publicidade
Francis Scott Fitzgerald photo
Gustave Le Bon photo
Publicidade
Nicolau Maquiavel photo
Paul Valéry photo
Eugéne Ionesco photo
Próximo