„Tanto quero pão e o vinho, a realidade e fantasia. É isso que nos mantém vivo.“

—  Cazuza

Última atualização 18 de Janeiro de 2019. História
Cazuza photo
Cazuza161
cantor e compositor brasileiro 1958 - 1990

Citações relacionadas

Esta tradução está aguardando revisão. Está correcto?
Tomás de Aquino photo
Paolo Mantegazza photo
Ernest Renan photo
Martha Medeiros photo
Walt Disney photo

„Quando fazemos fantasia, não devemos perder de vista a realidade.“

—  Walt Disney Cofundador da The Walt Disney Company 1901 - 1966

When we do fantasy, we must not lose sight of reality
citado em "The Disney version: the life, times, art, and commerce of Walt Disney" - página 200, Richard Schickel - Ivan R. Dee, 1997, ISBN 1566631580, 9781566631587 - 384 páginas
Atribuídas

Affonso Romano de Sant'Anna photo
Robert Jordan photo
Giambattista Vico photo

„A fantasia é tanto mais robusta quanto mais débil for o raciocínio.“

—  Giambattista Vico 1668 - 1744

La fantasia è tanto più robusta quanto più debole è il raziocinio.
Principi di Scienza nuova‎ - Página 137 http://books.google.com.br/books?id=AIEtAAAAMAAJ&pg=PA137, de Giambattista Vico - G. Truffi, 1831

Freddie Mercury photo
Sigmund Freud photo
Clarice Lispector photo

„Eu não: quero é uma realidade inventada.“

—  Clarice Lispector Escritora ucraniano-brasileira 1920 - 1977

Esta tradução está aguardando revisão. Está correcto?
Patrick Rothfuss photo
Maya Angelou photo
Tati Bernardi photo
Jean Anthelme Brillat-Savarin photo

„O vinho, a mais gentil das bebidas, devido quer a Noé, que plantou a vinha, quer a Baco, que espremeu o sumo de uva, data da infância do mundo.“

—  Jean Anthelme Brillat-Savarin político francês 1755 - 1826

Le vin, la plus aimable des boissons, soit qu'on le doive à Noé, qui planta la vigne, soit qu'on le doive à Bacchus, qui a exprimé le jus du raisin, date de l'enfance du monde
Physiologie du goût, ou méditations de gastronomie transcendante‎ - Tome I, Página 259 http://books.google.com.br/books?id=3M86AAAAcAAJ&pg=RA2-PA259, Jean Anthelme Brillat-Savarin - Tessier, 1838 - 384 páginas

Tópicos relacionados