„Todos têm direitos iguais mas com benções differentes.“

All About Everything, UK, 2005

Última atualização 21 de Maio de 2020. História
Leonid S. Sukhorukov photo
Leonid S. Sukhorukov15
1945 - 2014
Editar

Citações relacionadas

Esta tradução está aguardando revisão. Está correcto?
Margaret Thatcher photo
Bernard Baruch photo

„Todos têm direito de se enganar nas suas opiniões. Mas ninguém tem o direito de se enganar nos factos.“

—  Bernard Baruch 1870 - 1965

Variante: Todos têm direito de se enganar nas suas opiniões. Mas ninguém tem o direito de se enganar nos fatos.

Charles Dickens photo
Francisco de Assis photo
Nísia Floresta photo
Zeca Baleiro photo

„Eu me pergunto se alguém que pede bênção ao ACM tem o direito de criticar o Lula.“

—  Zeca Baleiro 1966

Sobre Daniela Mercury
Fonte: Revista ISTOÉ Gente! Edição 352

Frédéric Bastiat photo

„Quem ousaria dizer que a força nos foi dada, não para defender nossos direitos, mas para destruir iguais direitos de nossos irmãos?“

—  Frédéric Bastiat, livro A Lei

Qui osera dire que la Force nous a été donnée non pour défendre nos Droits, mais pour anéantir les Droits égaux de nos frères?
La Loi - Página 5 https://books.google.com.br/books?id=JsJYAAAAcAAJ&pg=PA5, Frédéric Bastiat - 1850, 80 páginas
A Lei

Mahmoud Ahmadinejad photo
Humberto Gessinger photo

„Todos iguais, tão desiguais. Alguns mais iguais que os outros“

—  Humberto Gessinger 1963

na música Ninguém = Ninguém http://letras.terra.com.br/engenheiros-do-hawaii/12894/

Josef Stalin photo

„Somos todos iguais na nossa essência“

—  Josef Stalin secretário geral do Partido Comunista da União Soviética 1879 - 1953

William Shakespeare photo

„Se todos somos iguais, a quem amamos?“

—  William Shakespeare dramaturgo e poeta inglês 1564 - 1616

Honoré De Balzac photo
Mahmoud Ahmadinejad photo

„Acreditamos que os judeus, como todos os seres humanos, têm direito a uma vida segura e tranqüila. Deixem que voltem para a sua terra.“

—  Mahmoud Ahmadinejad político iraniano, Ex-presidente do Irã 1956

sugerindo ironicamente, de novo, que os israelenses se mudem para a Europa
Fonte: Revista Veja, Edição 1954

George Bernard Shaw photo

Tópicos relacionados