„Os espíritos protetores nos ajudam com os seus conselhos, através da voz da consciência, que fazem falar em nosso íntimo - mas como nem sempre lhes damos a necessária importância, oferecem-nos outros mais diretos, servindo-se das pessoas que nos cercam.“

Atribuídas

Obtido da Wikiquote. Última atualização 21 de Maio de 2020. História
Allan Kardec photo
Allan Kardec83
codificador do espiritismo 1804 - 1869

Citações relacionadas

André Gide photo
François de La  Rochefoucauld photo

„Não damos nada tão generosamente como os conselhos.“

—  François de La Rochefoucauld Escritor, moralista e memorialista francês 1613 - 1680

François de La  Rochefoucauld photo
André Gide photo

„As coisas apenas valem pela importância que lhes damos.“

—  André Gide 1869 - 1951

Variante: As coisas apenas valem pela importância que damos a elas.

António Lobo Antunes photo
Malala Yousafzai photo
Oscar Wilde photo
Rudyard Kipling photo
Johann Wolfgang von Goethe photo

„Os preguiçosos estão sempre a falar do que tencionam fazer, do que hão de realizar; aqueles que verdadeiramente fazem alguma coisa não têm tempo de falar sequer do que fazem.“

—  Johann Wolfgang von Goethe escritor alemão 1749 - 1832

Série saúde mental e trabalho, Volume 2 - Página 279, de Liliana Andolpho Magalhães Guimarães e Sonia Grubits - Editora Casa do Psicólogo, 2004, ISBN 8573963522, 9788573963526
Atribuídas

Philip Stanhope Chesterfield photo

„A consciência é a voz da alma, as paixões são a voz do corpo.“

—  Rousseau

Variante: Consciência é a voz da alma; as paixões são a voz do corpo.

Serafim de Sarov photo
Jean De La Fontaine photo
Phyllis Chesler photo
Waldo Vieira photo

„O mundo íntimo da consciência é muito mais interessante que o universo exterior.“

—  Waldo Vieira Autor e pesquisador parapsíquico brasileiro 1932 - 2015

O que é a Conscienciologia - contracapa, Waldo Vieira - Editares, 1994, 184 páginas

Francisco de Sales photo

„O que fazemos pelos outros sempre nos parece muito, o que para nós fazem os outros não nos parece nada.“

—  Francisco de Sales 1567 - 1622

Quel che facciamo per gli altri ci sembra sempre molto, quel che per noi fanno gli altri ci pare nulla.
como citado in: Illustrissimi: lettere del patriarca - Página 21, Volume 1 de Collana Messaggero, Pope John Paul I - Messaggero, 1976, 350 páginas

Tópicos relacionados