„Sabeis como é, s'o pai é uma plantinha, quer logo qu'o filho seja árvore. S'o pai é uma pedra, o filho tem que ser uma montanha.“

Citações relacionadas

Millôr Fernandes photo
Paulo Mendes Campos photo

„A adolescência é um tribunal inesperado: / o julgamento do pai pelo filho, / o julgamento do filho pelo pai.“

—  Paulo Mendes Campos Escritor brasileiro 1922 - 1991

citado em "Citações da Cultura Universal" - Página 26, Alberto J. G. Villamarín, Editora AGE Ltda, 2002, ISBN 8574970891, 9788574970899

Joaquim Nabuco photo

„É a nossos filhos que pagamos a nossa dívida para com os nossos pais.“

—  Joaquim Nabuco Político, escritor e diplomata brasileiro 1849 - 1910

Friedrich Nietzsche photo
Heródoto photo

„Na paz os filhos enterram seus pais, na guerra os pais enterram seus filhos.“

—  Heródoto -484 - -425 a.C.

Heródoto citado in: A marinha d'outr'ora: (Subsidios para a historia). - Página 413, Affonso Celso de Assis Figueiredo Ouro Preto (Visconde de) - D. de Magalhães, 1894

Jean de La Bruyere photo
Murilo Benício photo
Mariano José de Larra photo
Henrique Maximiano Coelho Neto photo

„É na educação dos filhos que se revelam as virtudes dos pais.“

—  Henrique Maximiano Coelho Neto 1864 - 1934

citado em "Biografias de personalidades célebres: Para todos os cursos e os estudiosos da Nossa História. Este libro consta de: biografias de personagens históricas, biografias dos presidentes da República, biografias de poetas e prosadores brasileiros, biografias de eclesiásticos, pesquisadores, músicos, etc", de Carolina Rennó Ribeiro de Oliveira - 1961 - 307 páginas, Página 252

Miguel de Unamuno photo

„O amor é filho da ilusão e pai da desilusão.“

—  Miguel de Unamuno 1864 - 1936

el amor hijo del engaño y padre del desengaño
Miguel de Unamuno citado em "La Lectra; revista de ciencias y de artes: Volume 12,Edição 2" - página 187, Francisco López Acebal - Tip. de la viuda é hijos de M. Tello, 1912

William Shakespeare photo

„Sábio é o pai que conhece seu próprio filho.“

—  William Shakespeare dramaturgo e poeta inglês 1564 - 1616

William Shakespeare; Mercador de Veneza, O - ato II, cena, II, Página 45, William Shakespeare, tradução de Carlos Alberto Nunes, Ediouro Publicações, 2005, ISBN 8500017228, 9788500017223 - 172 páginas
O Mercador de Veneza (1596-1597)

Gabriel García Márquez photo

„Lorem ipsum dolor sit amet, consectetuer adipiscing elit. Etiam egestas wisi a erat. Morbi imperdiet, mauris ac auctor dictum.“