Frases de Paulo Mendes Campos

6   0

Paulo Mendes Campos

Data de nascimento: 28. Fevereiro 1922
Data de falecimento: 1. Julho 1991

.


„Não faço nada pelo bem de ninguém e, decerto, faço mal a algumas pessoas.“

„Ser brotinho é atravessar de ponta a ponta o salão de festa com uma indiferença glacial pelas mulheres que deixaram de ser brotinhos.“


„O brasileiro detesta andar. Só anda a pé por prescrição médica.“

„A adolescência é um tribunal inesperado: / o julgamento do pai pelo filho, / o julgamento do filho pelo pai.“

„O tempo é audível; também se pode ouvir a eternidade.“

„Na praça pública das letras, não ciceroneio visitantes aos palácios e catedrais – vejo-me apenas como um artesão de mamulengos.“

Autores parecidos