„Acostuma-te à ideia de que a morte para nós não é nada, visto que todo bem e todo mal residem nas sensações, e a morte é justamente a privação das sensações. A consciência clara de que a morte não significa nada para nós proporciona a fruição da vida efêmera, sem querer acrescentar-lhe tempo infinito e eliminando o desejo de imortalidade.“

—  Epicuro

Carta a Meneceu

Última atualização 21 de Novembro de 2020. História

Citações relacionadas

Mike Dirnt photo
Lucio Anneo Seneca photo
Giacomo Leopardi photo
Maximilien Robespierre photo

„A morte não é o sono eterno. […] A morte é o início da imortalidade!“

—  Maximilien Robespierre, Œuvres de Robespierre

la mort n'est pas un sommeil éternel! [...] la mort est le commencement de l'immortalité.
Œuvres de Robespierre - página 150 http://books.google.com.br/books?id=WR8JAAAAQAAJ&pg=PA150, Maximilien Robespierre, Auguste Vermorel, editor Auguste Vermorel, editora F. Cournol, 1866

Ramón De Campoamor Y Campoosorio photo
Epicuro photo
Charles Bukowski photo
Stanisław Jerzy Lec photo

„A primeira condição para a imortalidade é a morte.“

—  Stanisław Jerzy Lec escritor polonês 1909 - 1966

Перша умова безсмертя — смерть
Sämtliche unfrisierte Gedanken: Dazu Prosa und Gedichte‎, de Stanisław Jerzy Lec

Epiteto photo
Arthur Koestler photo
Esta tradução está aguardando revisão. Está correcto?
Ali Khamenei photo
Rajneesh photo
Camilo Castelo Branco photo

„A morte emenda todos os actos da vida.“

—  Camilo Castelo Branco escritor português 1825 - 1890

Variante: A morte emenda todos os atos da vida.

Jair Bolsonaro photo
Jigoro Kano photo

Tópicos relacionados