„Acostuma-te à ideia de que a morte para nós não é nada, visto que todo bem e todo mal residem nas sensações, e a morte é justamente a privação das sensações. A consciência clara de que a morte não significa nada para nós proporciona a fruição da vida efêmera, sem querer acrescentar-lhe tempo infinito e eliminando o desejo de imortalidade.“

—  Epicuro

Carta a Meneceu

Última atualização 21 de Novembro de 2020. História

Citações relacionadas

Mike Dirnt photo
Lucio Anneo Seneca photo
Ramón De Campoamor Y Campoosorio photo
Giacomo Leopardi photo
Epicuro photo
Maximilien Robespierre photo

„A morte não é o sono eterno. […] A morte é o início da imortalidade!“

—  Maximilien Robespierre, Œuvres de Robespierre

la mort n'est pas un sommeil éternel! [...] la mort est le commencement de l'immortalité.
Œuvres de Robespierre - página 150 http://books.google.com.br/books?id=WR8JAAAAQAAJ&pg=PA150, Maximilien Robespierre, Auguste Vermorel, editor Auguste Vermorel, editora F. Cournol, 1866

Charles Bukowski photo
Stanisław Jerzy Lec photo

„A primeira condição para a imortalidade é a morte.“

—  Stanisław Jerzy Lec escritor polonês 1909 - 1966

Перша умова безсмертя — смерть
Sämtliche unfrisierte Gedanken: Dazu Prosa und Gedichte‎, de Stanisław Jerzy Lec

Epiteto photo
Arthur Koestler photo
Esta tradução está aguardando revisão. Está correcto?
Ali Khamenei photo
Camilo Castelo Branco photo

„A morte emenda todos os actos da vida.“

—  Camilo Castelo Branco escritor português 1825 - 1890

Variante: A morte emenda todos os atos da vida.

Rajneesh photo
Jigoro Kano photo
Jair Bolsonaro photo

Tópicos relacionados