Frases de Walter Scott

Walter Scott photo
23   11

Walter Scott

Data de nascimento: 15. Agosto 1771
Data de falecimento: 21. Setembro 1832

Sir Walter Scott, PRSE foi o criador do verdadeiro romance histórico. É certo que, pouco antes dele, alguns autores, entre os quais avultou Maria Edgeworth com o seu curioso «Castelo de Rackrent», tinham procurado dar uma feição definitiva a essa modalidade literária, mas o público e a crítica não compreenderam a intenção.

Walter Scott nasceu em Edimburgo e era filho de um advogado. Seu pai destinou-lhe a carreira de Direito, mas ele depressa a trocou pelos entusiasmos da literatura e pela adoração das antiguidades.

Aos vinte e dois anos, Walter Scott era já considerado o primeiro poeta nacional, famoso pela «Canção do Último Menestrel», onde se adivinhava ligeiramente o surto que o seu espírito estava conseguindo.

Foi um nacionalista favorável à causa jacobita, mesmo ciente de que tratava de uma "causa morta", conservador na política, favorável aos Tories.

E, de fato, passados tempos, estreava-se como romancista, apresentando anonimamente um volume intitulado «Waverley», no qual relatava o levantamento jacobita de 1745 e dava largas aos conhecimentos que adquirira durante longas pesquisas. O livro foi coroado do mais absoluto sucesso.

Possuidor de uma energia inesgotável, ele escreveu sem descanso, oferecendo-nos obra sobre obra.

„Em obséquios de pouca monta, quem aceita pratica um ato de tanta urbanidade como quem oferece.“

—  Walter Scott

Variante: Em obséquios de pouca monta, quem aceita pratica um acto de tanta urbanidade como quem oferece.

Help us translate English quotes

Discover interesting quotes and translate them.

Start translating

„Você ama a vida? Não desperdice então o tempo, pois é dele que se compõe a vida.“

—  Walter Scott

Do you love LIFE? Then do not squander TIME for that is the stuff life is made of.
citado em "Inspiration & motivation"‎ - Página 42, Alfred Armand Montapert - Prentice-Hall, 1982, ISBN 013467605X, 9780134676050 - 284 páginas

„O amor-próprio é o maior de todos os aduladores.“

—  Walter Scott

Reflexões ou sentenças e máximas morais, Página 6 https://books.google.com.br/books?id=lCSoBAAAQBAJ&pg=PT6, François de La Rochefoucauld; tradução de Rosa Freire d'Aguiar. — 1a ed. — São Paulo: Penguin Classics Companhia das Letras, 2014
"L'amour-propre est le plus grand de tous les flatteurs."
Reflexions ou sentences et maximes morales - Página 2 http://books.google.com.br/books?id=88UGAAAAcAAJ&pg=PA2, François de La Rochefoucauld - 1760

„Muito embora percamos todos os nossos bens, conservemos intacta a honra.“

—  Walter Scott

Variante: Embora percamos todos os bens, conservemos imaculada a honra.