Frases de Georges Louis Buffon

Georges Louis Buffon foto
1  0

Georges Louis Buffon

Data de nascimento: 7. Setembro 1707
Data de falecimento: 16. Abril 1788
Outros nomes:Georges-Louis Leclerc, conde de Buffon

Publicidade

Georges-Louis Leclerc, conde de Buffon foi um naturalista, matemático e escritor francês. As suas teorias influenciaram duas gerações de naturalistas, entre os quais se contam Jean-Baptiste de Lamarck e Charles Darwin. A localidade de Buffon, na Côte-d'Or, foi o senhorio da família Leclerc.

Nasceu em Montbard, Côte-d'Or. Seu pai, Benjamin Leclerc, era o Senhor de Dijon e Montbard. Frequentou o Colégio dos Jesuítas a partir da idade de dez e, em seguida, a Universidade de Angers. Começou por estudar Direito, mas logo começou a concentrar seus interesses em matemática e ciências. Foi forçado a sair mais tarde da universidade após se envolver em um duelo, e se lançar em uma grande viagem pela Suíça, Itália e Inglaterra em companhia do jovem Lorde Kingston. Em 1732, herdou uma considerável quantia em dinheiro, que possibilitou dedicar-se aos seus estudos científicos. Retornando quando o novo casamento de seu pai ameaçou sua herança.

Antigos relatos sobre a história em geral, biologia e geologia que não era baseada na Bíblia. Produziu uma grande obra com 44 volumes - História Natural - . Nela se retrata um estudo comparativo das ciências, analisando os reinos animal, vegetal e humano, sob descrição científicas e considerações filosóficas, e o fez tão popular quanto Voltaire e Rousseau. Em 1776 O conde de Buffon disse que os animais precedem de outros animais.

Foi precursor de Lamarck e Darwin, com suas concepções filosóficas e o estudo das espécies, que foram ótimos subsídios para o progresso da biologia. É considerado um dos maiores biólogos do seu tempo, Buffon, segundo Darwin, foi um dos primeiros a estudar cientificamente a origem das espécies

Georges-Louis Leclerc mudou-se para Paris, onde conheceu Voltaire e outros intelectuais. Ele ingressou na Academia Francesa de Ciências na idade de 27 . Tornou-se o encarregado do Jardin du Roi , em Paris a partir de 1739 reunindo espécies zoológicos e botânicos. Durante seu período no cargo que ele converteu o jardim real em museu e em centro de pesquisa, e o parque foi consideravelmente ampliado, com a adição de muitas árvores e plantas de todo o mundo.

Na matemática, Georges de Buffon propôs o método estatístico, hoje reconhecido como um dos métodos de Método de Monte Carlo, para o cálculo de

π

{\displaystyle \pi }

. Tal método é conhecido como Agulha de Buffon, proposto pelo mesmo no século XVIII.

Foi o primeiro cientista a formular a teoria catastrófica para a formação do sistema solar; segundo ele, os planetas existentes teriam sido formados à custa de matéria separada do Sol devido a uma colisão desta estrela com um cometa.

Na sua primeira publicação, com repercussões profundas no conhecimento de então, Épocas da Natureza, descreveu as suas ideias profundas sobre a formação do globo terrestre. Publicou o seu célebre livro História Natural entre 1749 e 1789, e, postumamente, foi ainda publicada a História Natural dos Minerais .

Citações Georges Louis Buffon

Publicidade

„Genius is nothing else than a great aptitude for patience.“

— Georges-Louis Leclerc, Comte de Buffon
Narrated by Herault de Séchelles ([http://www.atramenta.net/lire/voyage-a-montbard/3508 La visite à Buffon, ou Voyage à Montbard], 1790), when speaking of a talk with Buffon in 1785. (Not in Buffon's works.) Reported in Bartlett's Familiar Quotations, 10th ed. (1919).

„[F]rom the earliest periods of time [man] alone has divided the empire of the world between him and Nature.... [H]e rather enjoys than possesses, and it is by constant and perpetual activity and vigilance that he preserves his advantage, for if those are neglected every thing languishes, changes, and returns to the absolute dominion of Nature. She resumes her power, destroys the operations of man; envelopes with moss and dust his most pompous monuments, and in the progress of time entirely effaces them, leaving man to regret having lost by his negligence what his ancestors had acquired by their industry. Those periods in which man loses his empire, those ages in which every thing valuable perishes, commence with war and are completed by famine and depopulation. Although the strength of man depends solely upon the union of numbers, and his happiness is derived from peace, he is, nevertheless, so regardless of his own comforts as to take up arms and to fight, which are never-failing sources of ruin and misery. Incited by insatiable avarice, or blind ambition, which is still more insatiable, he becomes callous to the feelings of humanity; regardless of his own welfare, his whole thoughts turn upon the destruction of his own species, which he soon accomplishes. The days of blood and carnage over, and the intoxicating fumes of glory dispelled, he beholds, with a melancholy eye, the earth desolated, the arts buried, nations dispersed, an enfeebled people, the ruins of his own happiness, and the loss of his real power.“

— Georges-Louis Leclerc, Comte de Buffon
Buffon's Natural History (1797) [https://books.google.com/books?id=respAAAAYAAJ&pg=PA340 Vol. 10, pp. 340-341], an English translation of Histoire Naturelle (1749-1804).

„The style is the man.“

— Georges-Louis Leclerc, Comte de Buffon
Discourse on taking his seat in the French Academie (Aug. 25, 1753). Le style c'est l'homme même. Œuvres Completes (1778). Histoire Naturelle (1769). Le style est de l'homme. Discours sur Style.

Aniversários de hoje
Clarice Lispector foto
Clarice Lispector1177
1920 - 1977
Emily Dickinson foto
Emily Dickinson40
1830 - 1886
Luigi Pirandello foto
Luigi Pirandello45
1867 - 1936
Karl Barth foto
Karl Barth1
1886 - 1968
Outros 24 aniversários hoje
Autores parecidos