Frases de Georges Duhamel

Georges Duhamel foto

17   0

Georges Duhamel

Data de nascimento: 30. Junho 1884
Data de falecimento: 13. Abril 1966
Outros nomes: Georges Benjamin Duhamel

Georges Duhamel foi um escritor francês, fundador do "Grupo da abadia", juntamente com Charles Vildrac.


„Há sempre coragem em dizer o que todo o mundo pensa.“

„O ódio à asneira não basta para fazermos uma filosofia.“


„A imitação é, até nova ordem, a única escola da originalidade.“

„O erro é a regra: a verdade é o acidente do erro.“

„Nunca enganei a minha mulher. O mérito não é nenhum: amo-a.“

„O desejo da ordem é a única ordem do mundo.“

„Poderei sempre vangloriar-me de ter perseverado na mudança.“

„Para mim, o romancista é o historiador do presente, enquanto o historiador é o romancista do passado.“


„As riquezas do mundo pertencem efetivamente aos que têm a audácia de se declarar seus possuidores.“

„É a satisfação que quebra o fervor.“

„A verdadeira serenidade não é ausência de paixão, mas a paixão contida, ímpeto domado.“

„O bom mestre aprende com as lições que dá.“


„Nós não conhecemos o verdadeiro valor de nossos momentos até que eles se submetam ao teste da memória.“

„Os maiores tiranos do povo saíram quase todos do povo.“

„Abençoado o homem que nada tem a dizer e se cala.“

„Não confie em sua memória, ela é uma rede cheia de buracos, os mais belos prêmios escorregam através deles.“

Autores parecidos