Frases do livro
Os Miseráveis

Victor HugoTítulo original Les Misérables (Francês, 1862)

Les Misérables é um romance de Victor Hugo publicado em 1862. Que deu origem a muitas adaptações, no cinema e muitas outras mídias. Neste romance emblemático da literatura francesa que descreve a vida das pessoas pobres em Paris e na França provincial do século XIX, o autor se concentra mais particularmente no destino do condenado Jean Valjean.


Victor Hugo photo
Victor Hugo photo
Victor Hugo photo

„O belo é tão útil quanto o útil. Talvez até mais.“

—  Victor Hugo, livro Os Miseráveis

Le beau est aussi utile que l'utile. – Il ajouta après un silence: Plus peut-être.
Victor Hugo, Les Misérables
Os Miseráveis

Victor Hugo photo

„Certos pensamentos são como orações, há momentos em que, seja qual for a posição do corpo, a alma está, sempre, de joelhos.“

—  Victor Hugo, livro Os Miseráveis

De certaines pensées sont des prières. Il y a des moments où, quelle que soit l'attitude du corps, l'âme est à genoux.
Les misérables‎ - Página 266 http://books.google.com/books?id=i50GAAAAQAAJ&pg=PA266, de Victor Hugo - Publicado por Pagnerre, 1863
Os Miseráveis

Victor Hugo photo
Victor Hugo photo

„A gargalhada é o sol que varre o inverno do rosto humano.“

—  Victor Hugo, livro Os Miseráveis

Le rire c'est le soleil ; il chasse l'hiver du visage humain
Les misérables‎ - Página 314 http://books.google.com/books?id=db0GAAAAQAAJ&pg=PA314, de Victor Hugo - Publicado por J. Hetzel, 1866 - 799 páginas
Os Miseráveis

Victor Hugo photo

„De quem tem o coração morto, nunca os olhos choram.“

—  Victor Hugo, livro Os Miseráveis

Os Miseráveis
Fonte: "Os Miseráveis" - Tomo I, Parte Primeira, Livro Primeiro, Cap. VII (O Âmago da Desesperação)

Victor Hugo photo

„Pensamento é o trabalho da inteligência, é um sonho voluptuouso.“

—  Victor Hugo, livro Os Miseráveis

La pensée est le labeur de l’intelligence, la rêverie en est la volupté.
Les Miserables, Victor Hugo, ed. J. Hetzel et A. Hetzel e A. Quantin, 1882, Parte IV, chap. 1, p. 1, p. 71
Os Miseráveis

Victor Hugo photo

„A suprema felicidade da vida é a convicção de ser amado por aquilo que você é, ou melhor, apesar daquilo que você é.“

—  Victor Hugo, livro Os Miseráveis

Le suprême bonheur de la vie, c'est la conviction qu'on est aimé ; aimé pour soi -même, disons mieux, aimé malgré soi-même;
Les misérables‎ - Página 93 http://books.google.com.br/books?id=db0GAAAAQAAJ&pg=PA93, de Victor Hugo - Publicado por J. Hetzel, 1866 - 799 páginas
Os Miseráveis

Victor Hugo photo

„La nada no existe. Cero no existe. Todo es algo. Nada es nada.“

—  Victor Hugo, livro Os Miseráveis

Les Misérables

Victor Hugo photo
Victor Hugo photo
Victor Hugo photo
Victor Hugo photo

„‎"Enquanto, por efeito de leis e costumes, houver proscrição social, forçando a existência, em plena civilização, de verdadeiros infernos, e desvirtuando, por humana fatalidade, um destino por natureza divino; enquanto os três problemas do século - a degradação do homem pelo proletariado, a prostituição da mulher pela fome, e a atrofia da criança pela ignorância - não forem resolvidos; enquanto houver lugares onde seja possível a asfixia social; em outras palavras, e de um ponto de vista mais amplo ainda, enquanto sobre a terra houver ignorância e miséria, livros como este não serão inúteis."“

—  Victor Hugo, livro Os Miseráveis

Os Miseráveis
Variante: Enquanto, por efeito de leis e costumes, houver proscrição social, forçando a existência, em plena civilização, de verdadeiros infernos, e desvirtuando, por humana fatalidade, um destino por natureza divino; enquanto os três problemas do século - a degradação do homem pelo proletariado, a prostituição da mulher pela fome, e a atrofia da criança pela ignorância - não forem resolvidos; enquanto houver lugares onde seja possível a asfixia social; em outras palavras, e de um ponto de vista mais amplo ainda, enquanto sobre a terra houver ignorância e miséria, livros como este não serão inúteis.
Fonte: "Os Miseráveis" - Prefácio

Victor Hugo photo

„Há um modo de fugir que se assemelha a procurar.“

—  Victor Hugo, livro Os Miseráveis

Os Miseráveis
Fonte: "Os Miseráveis" - Tomo I, Parte Primeira, Livro Terceiro, Cap. II (Duplo Quarteto)

Victor Hugo photo

„Ser-se canhoto é circunstância digna de inveja“

—  Victor Hugo, livro Os Miseráveis

Les Misérables

Victor Hugo photo
Victor Hugo photo

„A sociedade humana não lhe tinha feito senão mal: nunca lhe encarara senão o rosto carregado a que ela chama justiça, e que mostra àqueles a quem fere.“

—  Victor Hugo, livro Os Miseráveis

Os Miseráveis
Fonte: "Os Miseráveis" - Tomo I, Parte Primeira, Livro Segundo, Cap. VII (O Âmago da Desesperação) sobre Jean Valjean, o condenado das galés.

Victor Hugo photo

„As realidades da alma, por não serem visíveis e palpáveis, nem por isso deixam de ser também realidades“

—  Victor Hugo, livro Os Miseráveis

Os Miseráveis
Fonte: "Os Miseráveis" - Uma tempestade sob um crânio

Victor Hugo photo

„Depois de ter julgado a sociedade que o fizera desgraçado, julgou a Providência, que fizera a sociedade, e condenou-a também.“

—  Victor Hugo, livro Os Miseráveis

Os Miseráveis
Fonte: "Os Miseráveis" - Tomo I, Parte Primeira, Livro Segundo, Cap. VII (O Âmago da Desesperação) sobre Jean Valjean, o condenado das galés.

Autores parecidos

Victor Hugo photo
Victor Hugo391
poeta, romancista e dramaturgo francês 1802 - 1885
Oscar Wilde photo
Oscar Wilde667
Escritor, poeta e dramaturgo britânico de origem irlandesa
Eugéne Delacroix photo
Eugéne Delacroix15
pintor francês
Autores parecidos
Victor Hugo photo
Victor Hugo391
poeta, romancista e dramaturgo francês 1802 - 1885
Oscar Wilde photo
Oscar Wilde667
Escritor, poeta e dramaturgo britânico de origem irlandesa