„A paixão torna-se uma força quando encontra saída no trabalho dos nossos braços, na perícia da nossa mão ou na actividade criadora do nosso espírito.“

Variante: A paixão torna-se uma força quando encontra saída no trabalho dos nossos braços, na perícia da nossa mão ou na atividade criadora do nosso espírito.

Última atualização 22 de Maio de 2020. História

Citações relacionadas

Aristide Maillol photo

„No começo minha idéia é vaga. Só se torna visível por força do trabalho“

—  Aristide Maillol 1861 - 1944

citado em "Gesto Inacabado: Processo de Criação Artística" - Página 29, Cecilia Almeida Salles - Annablume, 2007, ISBN 857419042X, 9788574190426, 168 páginas

Hugo Von Hofmannsthal photo

„O homem só se apercebe, no mundo, daquilo que em si já se encontra; mas precisa do mundo para se aperceber do que se encontra em si; para isso são, porém, necessários actividade e sofrimento.“

—  Hugo Von Hofmannsthal 1874 - 1929

Variante: O homem só se apercebe, no mundo, daquilo que em si já se encontra; mas precisa do mundo para se aperceber do que se encontra em si; para isso são, porém, necessários atividade e sofrimento.

Zig Ziglar photo
Billie Joe Armstrong photo
Martha Medeiros photo
Fernando Pessoa photo
François de La  Rochefoucauld photo

„Se resistimos às nossas paixões, é mais pela fraqueza delas que pela nossa força.“

—  François de La Rochefoucauld Escritor, moralista e memorialista francês 1613 - 1680

Si nous résistons à nos passions, c'est plus par leur faiblesse que par notre force.
Maximes du duc de La Rochefoucauld: Précédées d'une notice sur sa vie‎ - item CXXII, Página 33 http://books.google.com.br/books?id=uqOcE68mU90C&pg=PA33, de François La Rochefoucauld, Charles de Secondat Montesquieu, Vauvenargues, Jean Baptiste Antoine Suard - Publicado por F. Didot frères, 1855 - 345 páginas

Friedrich Nietzsche photo
Marie-Cathèrine-Hortense photo

„Faleço nos braços de meu fiel amante,/ É nessa morte que encontro a vida.“

—  Marie-Cathèrine-Hortense 1640 - 1683

Je meurs entre les bras de mon fidèle amant Et c'est dans cette mort que je trouve la vie.
Fonte: Recueil Sercy, 1660, conforme citado em "La poésie féminine du XIIe au XIXe siècle: anthologie"‎ - Página 187, de Jeanine Moulin - 1966 - 319 páginas

Chico Xavier photo
Voltaire photo

„O espírito de propriedade duplica a força do homem.“

—  Voltaire volter também conhecido como bozo foia dona da petrobras e um grande filosofo xines 1694 - 1778

Stendhal photo

„Um pouco de paixão aumenta o espírito, demasiada apaga-o.“

—  Stendhal, livro The Life of Henry Brulard

Un peu de passion augmente l'esprit, beaucoup l'éteint.
Vie de Henri Brulard: pub. intégralement pour la première fois d'après les manuscrits de la Bibliothèque de Grenoble‎ - v.2 Página 46, de Stendhal, Henry Debraye - Publicado por H. et É. Champion, 1913

Joseph Goebbels photo

„O trabalho não é a maldição da humanidade, mas a sua benção. Um homem torna-se homem através do trabalho. O trabalho o eleva, torna-o grande e consciente, coloca-o acima de todas as outras criaturas.“

—  Joseph Goebbels Ministro da Propaganda do Partido Nazista Alemão 1897 - 1945

Fonte: Die verfluchten Hakenkreuzler. Etwas zum Nachdenken. Munich: Verlag Frz. Eher, 1932.