„Chora-se quando se é infeliz, mas somente podemos considerar-nos infelizes quando choramos sozinhos.“

Citações relacionadas

Panait Istrati photo
Alexandre Dumas, pai photo

„Este é um dos orgulhos da nossa funesta humanidade: cada homem julga-se mais infeliz que outro infeliz que chora e geme ao seu lado.“

—  Alexandre Dumas, pai, livro O Conde de Monte Cristo

O Conde de Monte Cristo, Alexandre Dumas; tradução de André Telles e Rodrigo Lacerda, Rio de Janeiro: Zahar, 2012, p. 1612 https://books.google.com.br/books?id=qQIkL_ZzrBcC&pg=PA1612.
Fala do personagem Edmond Dantès, o Conde de Monte Cristo.
O Conde de Monte Cristo (1844)

Friedrich Nietzsche photo

„Temo que os animais considerem o homem como um semelhante que se privou da razão animal sadia, como um animal no delírio, que ri e que chora, como um animal infeliz.“

—  Friedrich Nietzsche, livro A Gaia Ciência

Ich fürchte, die Tiere betrachten den Menschen als ein Wesen ihresgleichen, das in höchst gefährlicher Weise den gesunden Tierverstand verloren hat, — als das wahnwitzige Tier, als das lachende Tier, als das weinende Tier, als das unglückselige Tier.
Die ewige Wiederkunft: Die fröhliche Wissenschaft. Dichtungen, página 189, Friedrich Wilhelm Nietzsche - Kröner, 1927 - 426 páginas

Orson Welles photo

„Nós nascemos sozinhos, vivemos sozinhos e morremos sozinhos. Somente através do amor e das amizades é que podemos criar a ilusão, durante um momento, de que não estamos sozinhos.“

—  Orson Welles Cineasta estadunidense 1915 - 1985

citado em "Revista literária do corpo discente da Universidade Federal de Minas Gerais", Volume 27, Edição 25 - página 30, Universidade Federal de Minas Gerais, 1993

Júlio Dinis photo

„Nós, sozinhos, não podemos fazer nada.“

—  Oswaldo de Castro Aranha

Alegando ser impossível aos despachantes cometerem irregularidades sem a conivência de fiscais

Helen Keller photo

„Sozinhos, pouco podemos fazer; juntos, podemos fazer muito.“

—  Helen Keller 1880 - 1968

Alone we can do so little; together. we can do so much
citado em "Pennsylvania School Journal" - v.62 (1913-1914) Página 32, ‎de Pennsylvania Dept. of Public Instruction, Pennsylvania Dept. of Common Schools, Pennsylvania State Education Association - 1913

Sophia Loren photo
Fernando Pessoa photo
Vinícius de Moraes photo
Gerson De Rodrigues photo

„“Sozinho
Eu sou um homem sozinho
Sozinho eu sou uma boa pessoa
Sozinho eu sou uma má pessoa
Sozinho eu sou um monstro
Sozinho eu sou um idiota
Sozinho sou um intelectual
Sozinho eu me divirto
Sozinho eu choro
Sozinho eu brinco
Sozinho eu sou feliz
Sozinho eu me sinto triste
Sozinho eu flerto com ideias suicidas
Sozinho eu escrevo poemas
Sozinho eu contemplo o universo
Sozinho eu questiono deus
Sozinho eu sou deus
Sozinho eu sou meu próprio deus
Sozinho eu deleito-me em música erudita
Sozinho eu me desbundo em rock n’ roll como se não houvesse o amanhã
Talvez não há
Pois apenas sozinho eu posso ser eu mesmo.
Apenas sozinho eu posso gritar por janelas vazias ‘’ QUEM SOU EU?’’
E ao observar a imensidão do cosmos, eu encontro a mim mesmo
E finamente entendo que eu sou apenas um sozinho”“

—  Gerson De Rodrigues poeta, escritor e anarquista Brasileiro 1995

Variante: “Sozinho Eu sou um homem sozinho Sozinho eu sou uma boa pessoa Sozinho eu sou uma má pessoa Sozinho eu sou um monstro Sozinho eu sou um idiota Sozinho sou um intelectual Sozinho eu me divirto Sozinho eu choro Sozinho eu brinco Sozinho eu sou feliz Sozinho eu me sinto triste Sozinho eu flerto com ideias suicidas Sozinho eu escrevo poemas Sozinho eu contemplo o universo Sozinho eu questiono deus Sozinho eu sou deus Sozinho eu sou meu próprio deus Sozinho eu deleito-me em música erudita Sozinho eu me desbundo em rock n’ roll como se não houvesse o amanhã Talvez não há Pois apenas sozinho eu posso ser eu mesmo. Apenas sozinho eu posso gritar por janelas vazias ‘’ QUEM SOU EU?’’ E ao observar a imensidão do cosmos, eu encontro a mim mesmo E finamente entendo que eu sou apenas um sozinho”

Paolo Mantegazza photo
Chico Xavier photo

„O choro que vive na preguiça, esquece do trabalho, não é mais choro, é perturbação.“

—  Chico Xavier Médium brasileiro 1910 - 2002

BACCELLI, Carlos. Chico Xavier, à sombra do abacateiro. São Paulo: IDEAL, 2002, p. 61

Pietro Ubaldi photo
Salustio photo
Lya Luft photo
Demi Lovato photo

„O silêncio é o choro mais alto de uma garota.“

—  Demi Lovato cantora, compositora e atriz dos Estados Unidos 1992

Nicolás Boileau photo

„Lorem ipsum dolor sit amet, consectetuer adipiscing elit. Etiam egestas wisi a erat. Morbi imperdiet, mauris ac auctor dictum.“