„Sem amor por si mesmo, o amor pelos outros também não é possível. O ódio por si mesmo é exactamente idêntico ao flagrante egoísmo e, no final, conduz ao mesmo isolamento cruel e ao mesmo desespero.“

Variante: Sem amor por si mesmo, o amor pelos outros também não é possível. O ódio por si mesmo é exatamente idêntico ao flagrante egoísmo e, no final, conduz ao mesmo isolamento cruel e ao mesmo desespero.

Última atualização 22 de Maio de 2020. História

Citações relacionadas

Horacio photo
William Blake photo

„O amor não busca agradar a si mesmo / Nem destina qualquer cuidado a si próprio / Mas se dá facilmente ao outro, / E constrói um Paraíso no desespero do Inferno.“

—  William Blake 1757 - 1827

Love seeketh not itself to please, nor for itself hath any care, but for another gives its ease, and builds a Heaven in Hell's despair
poema The Clod and the Pebble publicado em Songs of Experience em 1794.

Hugo Von Hofmannsthal photo
Wayne Walter Dyer photo
Machado de Assis photo
João Guimarães Rosa photo
Oscar Wilde photo

„Amar a si mesmo é o inicio de um amor para toda a vida.“

—  Oscar Wilde Escritor, poeta e dramaturgo britânico de origem irlandesa 1854 - 1900

Variante: Amar a si mesmo é o começo de um romance para toda a vida

Renato Russo photo
Richard von Weizsäcker photo

„Patriotismo é o amor à sua família, o nacionalismo é o ódio do outro.“

—  Richard von Weizsäcker político alemão 1920 - 2015

Patriotismus ist Liebe zu den Seinen; Nationalismus ist Hass auf die anderen.
Richard von Weizsäcker citado no flags-zeigen.de http://www.flaggen-zeigen.de/, uma ação do distrito Paderborn JU, também citado na Stern 26/2006 http://www.stern.de/magazin/heft/563702.html

Vergílio Ferreira photo
Paul McCartney photo

„E no final, o amor que você recebe é igual ao amor que você faz.“

—  Paul McCartney cantor, compositor, empresário, produtor musical, cinematográfico e ativista britânico 1942

Wayne Walter Dyer photo
Aristoteles photo
Severo Catalina photo

„Não há nenhum ciúme do amor; o ciúme é só orgulho e egoísmo“

—  Severo Catalina 1832 - 1871

No hay celos de amor; no hay más que celos de orgullo y de egoísmo.
La mujer: apuntes para un libro - Página 79 http://books.google.com.br/books?id=0bBn4VXRmWcC&pg=PA79, Severo Catalina del Amo - A. de San Martin, 1861

Henry Wadsworth Longfellow photo

„Lorem ipsum dolor sit amet, consectetuer adipiscing elit. Etiam egestas wisi a erat. Morbi imperdiet, mauris ac auctor dictum.“