„Todas as artes contribuem para a maior de todas as artes, a arte de viver.“

Alle Künste tragen bei zur größten aller Künste, der Lebenskunst.
Schriften zum Theater: - Página 173, Bertolt Brecht, ‎Siegfried Unseld, Suhrkamp, 1957

Obtido da Wikiquote. Última atualização 10 de Novembro de 2020. História
Tópicos
maior, toda, arte, arte
Bertolt Brecht photo
Bertolt Brecht62
1898 - 1956

Citações relacionadas

Friedrich Nietzsche photo
Louis Antoine de Saint-Just photo
Lucio Anneo Seneca photo

„Toda a arte é imitação da natureza.“

—  Lucio Anneo Seneca -4 - 65 a.C.

Variante: Toda arte nada mais é do que a imitação da natureza.

Pietro Aretino photo

„Todas as artes são aprendidas, mas com a da loucura se nasce.“

—  Pietro Aretino escritor, dramaturgo, poeta e satírico italiano 1492 - 1556

Oscar Wilde photo

„Toda a arte é completamente inútil.“

—  Oscar Wilde Escritor, poeta e dramaturgo britânico de origem irlandesa 1854 - 1900

Machado de Assis photo

„A arte de viver consiste em tirar o maior bem do maior mal.“

—  Machado de Assis, livro Iaiá Garcia

"Iaiá Garcia", capítulo III; veja (wikisource)
Outros

Walter Pater photo
Henry Moore photo

„Em certa medida, toda arte é uma abstração.“

—  Henry Moore 1898 - 1986

All art is an abstraction to some degree.
Henry Moore: Sculpture and Drawings‎ - Página xxxix, de Henry Moore, Herbert Edward Read, Herbert Read, Alan Bowness - Publicado por Lund Humphries, 1949 - 44 páginas

Ramalho Ortigão photo
Will Durant photo
Johann Wolfgang von Goethe photo
Álvaro de Campos photo
Edgar Allan Poe photo

„Todas as obras de arte devem começar pelo final.“

—  Edgar Allan Poe, livro A Filosofia da Composição

at the end, where all works of art should begin
The Philosophy of Composition (1846)

Gustave Flaubert photo

„De todas as mentiras, a arte é ainda a menos falsa.“

—  Gustave Flaubert 1821 - 1880

Variante: A arte é, de todas as mentiras, a que engana menos.

Jules Renard photo
Cesare Pavese photo
Henrik Ibsen photo
Michel De Montaigne photo

„Viver é o meu trabalho e a minha arte.“

—  Michel De Montaigne, livro Ensaios

Mon métier et mon art, c'est vivre
Essais, Livre II, Chapitre "De l'exercitation", - Página 212 http://books.google.com.br/books?id=VSoaAAAAYAAJ&pg=PA212, Michel de Montaigne - Périsse Frères, 1847 - 526 páginas
Ensaios, Livro 2

Tópicos relacionados