„A vaidade torna-nos tão crédulos como tolos.“

Última atualização 18 de Janeiro de 2019. História

Citações relacionadas

François de La  Rochefoucauld photo
François de La  Rochefoucauld photo
Stendhal photo

„O que torna tão aguda a dor provocada pelo ciúme, é que a vaidade não pode ajudar a suportá-lo.“

—  Stendhal 1783 - 1842

Ce qui rend les douleurs de la honte et de la jalousie si aiguës, c'est que la vanité ne peut servir à les supporter.
De l'amour - página 447, Stendhal, Henri Martineau - Colin, 1959 - 521 páginas
O Vermelho E O Negro

Charles Proteus Steinmetz photo

„Ninguém se torna tolo, até parar de fazer perguntas.“

—  Charles Proteus Steinmetz 1865 - 1923

citado em DUAILIBI ESSENCIAL: MINIDICIONÁRIO COM MAIS DE 4.500 FRASES ESSENCIAIS‎ - Página 324, de ROBERTO DUAILIBI, Marina Pechlivanis, Roberto Duailibi - Elsevier Brazil, 2006 ISBN 8535219579, 9788535219579- 496 páginas

Marguerite Yourcenar photo
Voltaire photo

„Deixaremos este mundo tão tolo e tão malvado como o encontrámos quando chegámos a ele.“

—  Voltaire volter também conhecido como bozo foia dona da petrobras e um grande filosofo xines 1694 - 1778

François de La  Rochefoucauld photo
Chico Buarque photo

„A felicidade Morava tão vizinha Que, de tolo Até pensei que fosse minha“

—  Chico Buarque compositor, cantor e escritor brasileiro 1944

Variante: A felicidade
Morava tão vizinha
Que, de tolo
Até pensei que fosse minha

Chico Buarque

Jostein Gaarder photo
Blaise Pascal photo
Sándor Petöfi photo
Pierre de Marivaux photo
Alfred De Musset photo
Erasmo de Rotterdam photo

„Não há nada de tão absurdo que o hábito não torne aceitável.“

—  Erasmo de Rotterdam 1466 - 1536

como citado in: Citações da Cultura Universal - Página 243 https://books.google.com.br/books?id=adQWhMA1x0YC&pg=PA243, Alberto J. G. Villamarín - Editora AGE Ltda, 2002, ISBN 8574970891, 9788574970899, 574 páginas
Atribuídas

Baltasar Gracián photo
François de La  Rochefoucauld photo
Charles Caleb Colton photo

„O silêncio é tolo quando somos sábios, mas é sábio quando somos tolos.“

—  Charles Caleb Colton 1780 - 1832

And yet Shakspeare has hinted, that even silence is not always ' commendable :' since it may be foolish, if we are wise, but wise if we are foolish.
referindo-se à Shakspeare; "Lacon: or, Many things in few words : addressed to those who think"‎ - Página ii http://books.google.com.br/books?id=OZZpCaTYJ0QC&pg=PR2, Charles Caleb Colton - Longman, Orme, Brown, Green, & Longmans, 1837 - 485 páginas