„Tanto sofre o ciumento que sente alegria quando morre antes do que o ser amado objeto do seu ciúme.“

Última atualização 18 de Janeiro de 2019. História

Citações relacionadas

Roland Barthes photo

„Como ciumento sofro quatro vezes: porque sou ciumento, porque me reprovo de sê-lo, porque temo que meu ciúme machuque o outro, porque me deixo dominar por uma banalidade: sofro por ser excluído, por ser agressivo, por ser louco e por ser comum.“

—  Roland Barthes 1915 - 1980

As a jealous man, I suffer four times over: because I am jealous, because I blame myself for being so, because I fear that my jealousy will wound the other, because I allow myself to be subject to a banality: I suffer from being excluded, from being aggressive, from being crazy, and from being common
A lover's discourse: fragments‎ - Página 146, Roland Barthes - Penguin, 1990 - 234 páginas

William Shakespeare photo
Roland Barthes photo
Lucio Anneo Seneca photo
François de La  Rochefoucauld photo
Ninon De Lenclos photo
Cauã Reymond photo
Silvio Pellico photo

„O ciumento que se encoleriza ante a suspeita de não ser amado é um tirano. Se te arriscas a vir a ser um mau em razão de um prazer, renuncia a esse prazer. Se te arriscas a ser um tirano em razão de um amor, renuncia a esse amor.“

—  Silvio Pellico 1789 - 1854

I gelosi, i fremènti per la rabbia di non èssere abbastanza amati, sono veri tiranni. Piuttosto che divenir malvagio per qualunque piacere, dèesi rinunciare a quel piacere: piuttosto che divenir tiranno, o cadere in qualunque altra indegnità per amore, rinuncia all'amore.
DEI DOVERI DEGLI UOMINI http://www.carboneria.it/Pellicodoveri.htm (1873)

Nitiren Daishonin photo

„Sofra o que tiver que sofrer, desfrute o que existe para ser desfrutado, considere tanto o sofrimento como a alegria como fatos da vida e continue orando, não importando o que acontecer, e então experimentará a grande alegria da Lei.“

—  Nitiren Daishonin 1222 - 1282

Delta do Amazonas. Novos ventos soprando do rumo Norte http://books.google.com/books?id=C9DQa0aCtvAC&pg=PA247. biblioteca24horas; ISBN 978-85-7893-373-9. p. 247.

Cesare Pavese photo
François de La  Rochefoucauld photo
Calderón de la Barca photo
Novalis photo
Julie de Lespinasse photo
George Orwell photo

„Quizá no deseara uno tanto ser amado como ser comprendido.“

—  George Orwell escritor e jornalista britânico 1903 - 1950

Tópicos relacionados