„Ouro é a redenção dos desesperados, é o objeto (ou seria abjeto?) maior da ambição e da cobiça humanas, a fortuna rápida e a ostentação inebriante de seu brilho. É também o ouro, ele mesmo, que faz com que muitos dos amantes sintetizem de maneira pragmática a intensidade de um sentimento devotado, resumido aos mimos que recebem, divididos entre aqueles que são de ouro e aqueles que não são de ouro.“

Editado por AndreRodriguesCostaOliveira. Última atualização 22 de Fevereiro de 2021. História

Citações relacionadas

Esta tradução está aguardando revisão. Está correcto?
Leonard Ravenhill photo
Chico Xavier photo

„O ouro aumenta a sede do ouro, e não a estanca.“

—  Públio Siro

Atribuídas

Marcos Frota photo
Percy Bysshe Shelley photo
Esta tradução está aguardando revisão. Está correcto?
Isabel I de Inglaterra photo
Jorge Luis Borges photo

„Não acumules ouro na Terra, porque o ouro é pai do ócio, e este, da tristeza e do tédio.“

—  Jorge Luis Borges escritor argentino 1899 - 1986

[pt, http://caras.uol.com.br/noticia/104531-cita%C3%A7%C3%B5es/, Revista Caras: Citações].

Clarice Lispector photo
Sócrates photo
Honoré De Balzac photo
Lucio Anneo Seneca photo
Camilo Castelo Branco photo
Esta tradução está aguardando revisão. Está correcto?
William Blake photo
Marquês de Maricá photo
Esopo photo

„Não há ouro bastante para pagar a liberdade.“

—  Esopo -620 - -564 a.C.

Atribuídas

Napoleão Bonaparte photo

„Os homens são porcos que se alimentam de ouro.“

—  Napoleão Bonaparte monarca francês, militar e líder político 1769 - 1821

João Guimarães Rosa photo
Padre Antônio Vieira photo
William Shakespeare photo

„A beleza atrai os ladrões mais do que o ouro.“

—  William Shakespeare, livro The Plays of William Shakespeare

Beauty provoketh thieves sooner than gold
The Plays of William Shakespeare, in Eight Volumes, with the Corrections and Illustrations of Various Commentators; to Wich are Added Notes by Sam Johnson: Volume the second. Containing As you like it. Love's labour's lost. The winter's tale. Twelfthnight: or, what you will. The merry wives of Windsor, Volume 2, página 25 https://books.google.com.br/books?id=9QfJzgeQIiAC&pg=PA25, H. Woodfall, C. Bathurst, J. Beecroft, 1768 - 557 páginas
Outras obras

Zé Ramalho photo

„Um velho cruza a soleira De botas longas de barbas longas de ouro o brilho do seu colar…“

—  Zé Ramalho cantor, músico e compositor brasileiro 1949

na música Avôhai http://letras.terra.com.br/ze-ramalho/74944/
Músicas

Tópicos relacionados