„Uma obscura e inquieta castidade:
pôs uma flor para mim no jardim mais secreto
num horizonte de graça e claridade
intangível e perto.Promessa estática no luar
da densidade em mim corpórea.
não é a culpa, é a memoria
da primeira manhã do pecado
sem Eva e sem Adão.Só o fruto provado
e a serpente enroscada
na minha solidão.“

Publicidade

Citações relacionadas

Charles Spurgeon photo
Paulo Coelho photo
Publicidade
Friedrich Nietzsche photo
Mary Cassatt photo
Publicidade
Fernando Pessoa photo

„Pensar uma flor é vê-la e cheirá-la
E comer um fruto é saber-lhe o sentido.“

—  Fernando Pessoa poeta português 1888 - 1935
Poemas completos de Alberto Caeiro

Publicidade
Juan Carlos Onetti photo
Allen Ginsberg photo
Che Guevara photo
Próximo