„Saudade da justiça imparcial, exata, precisa. Que estava ao lado da direita, da esquerda, centro ou fundos. Porque o que faz a justiça é o “ser justo”. Tão simples e tão banal. Tão puro. Saudade da justiça pura, imaculada. Aquela que não olha a quem nem o rabo de ninguém. A que não olha o bolso também. Que tanto faz quem dá mais, pode mais, fala mais. Saudade da justiça capaz.“

—  Ruy Barbosa, ...
Publicidade

Citações relacionadas

Ruy Barbosa photo
 Plutarco photo
Publicidade
Jacques Derrida photo
Joseph Joubert photo
Lenny Bruce photo
Padre Antônio Vieira photo
François de La  Rochefoucauld photo
Publicidade
Mary Shelley photo
Anatole France photo
Karl Marx photo
Publicidade
Georges Clemenceau photo
Alexandre S. Pushkin photo