„Inda há de surgir o Nietzche americano que ponha em filosofia e imponha ao mundo, como dogma novo, a impetuosidade alegre dos grandes Vândalos que estão a criar o mundo de amanhã. Que divinize como a coisa mais grata ao nosso instinto fundamental o murro de martelo-pilão com que um Tunney mete por terra um Dempsey. Que divinize a audácia de arrancar as catedrais à mística religiosa para dá-las, multiplicadas em ímpeto ascensor, ao comércio, ao cinema, ao rádio. Que divinize o 'mais, mais, mais' que não se perde em refletir à grega: 'sim, mas mais até onde?' Que realize a supressão da palavra 'até'. O 'até' limita, e por que limitar?“

— Monteiro Lobato, pp. 122-3.
Publicidade

Citações relacionadas

Erwin Schrödinger photo
Marquês de Maricá photo
Publicidade
Anatole France photo
Oliver Wendell Holmes photo
 Sócrates photo
Publicidade
Vladimir Mayakovsky photo
Vladimir Mayakovsky photo
Publicidade
Pietro Metastasio photo
Clarice Lispector photo
Paulo José photo
Próximo