„Nós vivemos no e segundo o Direito. Ele faz de nós o que somos: cidadãos, empregados, médicos, cônjuges e proprietários. É espada, escudo e ameaça: lutamos por nosso salário, recusamo-nos a pagar nosso aluguel, somos obrigados a pagar multas ou mandados para a cadeia, tudo em nome do que nosso soberano abstrato e etéreo, o Direito, estabeleceu. E "discutimos" o que ele estabeleceu, mesmo quando os livros que supostamente registram seus comandos e diretivas estão silentes; nós agimos então como se o Direito apenas tivesse murmurado sua ordem, demasiado baixo para ser ouvida com nitidez. Nós somos súditos do império do Direito, vassalos de seus métodos e ideais, subjugados em espírito quando debatemos o que devemos portanto fazer.“

Publicidade

Citações relacionadas

Jean Wyllys photo
Norberto Bobbio photo
Publicidade
Antoine de Saint-Exupéry photo
Sergio Müller photo
Pedro II do Brasil photo
Abraham Lincoln photo
Publicidade
Eça de Queiroz photo
Charles Evans Hughes photo
Carlos Paredes photo
Bjarne Stroustrup photo
Publicidade
Clarice Lispector photo
 Aristoteles photo
Próximo