„O sono é a morte sem a responsabilidade.“

—  Fran Lebowitz, Sleep is death without the responsibility. Metropolitan life‎ - Página 91, de Fran Lebowitz - Dutton, 1978, ISBN 0525155627, 9780525155621 - 177 páginas
Publicidade

Citações relacionadas

Napoleão Bonaparte photo

„A morte é um sono sem sonhos“

—  Napoleão Bonaparte 1769 - 1821
La mort est un sommeil sans rêve Napoleão Bonaparte; Napoléon: Ses opinions et jugemens sur les hommes et sur les choses, Volume 2, página 165 https://books.google.com.br/books?id=Px5IAQAAMAAJ&pg=PA165, Napoleon I (Emperor of the French) - Duféy,1838

William Shakespeare photo

„O sono é o prenúncio da morte.“

—  William Shakespeare dramaturgo e poeta inglês 1564 - 1616
Outras obras, citado em "Tudo Novo em Seu Corpo, V.1 - Nutrição - Página 55, Eduardo Gomes de Azevedo, Jurua Editora, 2004, ISBN 8536208295, 9788536208299 - 210 páginas

Publicidade
Maximilien Robespierre photo

„A morte não é o sono eterno. […] A morte é o início da imortalidade!“

—  Maximilien Robespierre 1758 - 1794
la mort n'est pas un sommeil éternel! [...] la mort est le commencement de l'immortalité. Œuvres de Robespierre - página 150 http://books.google.com.br/books?id=WR8JAAAAQAAJ&pg=PA150, Maximilien Robespierre, Auguste Vermorel, editor Auguste Vermorel, editora F. Cournol, 1866

Katharine Hepburn photo
Mário de Andrade photo
George G. Byron photo

„A morte, assim chamada, é algo que faz os homens lamentarem: e ainda assim um terço da vida é passado no sono.“

—  George G. Byron, Don Juan
Death, so called, is a thing which makes men weep, And yet a third of life is passed in sleep "Don Juan", canto XIV, página 307 http://books.google.com.br/books?id=V5QOAAAAQAAJ&pg=PA307 in: "The Works of Lord Byron Complete in One Volume"; Por George Gordon Byron Byron; Colaborador H. L. Brönner; Publicado por Printed by and for H.L. Broenner, 1826; 776 páginas

Thomas Wolfe photo

„No sono nós estamos todos sozinhos e nus, no Sono nós estamos unidos no coração da noite e da escuridão, e nós somos estranhos e bonitos acordados; para nós a escuridão está morrendo e nós não conhecemos morte alguma.“

—  Thomas Wolfe 1900 - 1938
In Sleep we lie all naked and alone, in Sleep we are united at the heart of night and darkness, and we are strange and beautiful asleep; for we are dying in the darkness, and we know no death, there is no death, there is no life The face of a nation: poetical passages from the writings of Thomas Wolfe - página 67, Thomas Wolfe - C. Scribner's Sons, 1939 - 321 páginas

Michelangelo Buonarroti photo
José Alencar photo
Henrique Maximiano Coelho Neto photo
Winston Churchill photo
Charles de Gaulle photo

„A Democracia é o regime da responsabilidade.“

—  José de Paiva Netto 1941
citado no artigo http://www.paivanetto.com/index.php/pt/artigo?cm=411&cs=100 "Manifesto da Boa Vontade (IV)"

„Lorem ipsum dolor sit amet, consectetuer adipiscing elit. Etiam egestas wisi a erat. Morbi imperdiet, mauris ac auctor dictum.“