„Seria difícil conceber castigo mais demoníaco, pudesse uma tal coisa ser posta em prática, do que abandonar uma pessoa à deriva na sociedade por forma a passar despercebida a todos os seus membros. Se ninguém se voltasse para nós ao ver-nos entrar em casa, se ninguém nos respondesse quando nós falássemos, ou se preocupasse com o que nós fizéssemos, mas se toda a gente que conhecêssemos nos «desligasse do mundo» e agisse como se fôssemos entidades inexistentes, não tardaríamos a ser tomados de uma espécie de desespero de raiva e impotência, de que a mais cruel das torturas corporais seria um alívio.“

Publicidade

Citações relacionadas

Nélson Rodrigues photo
Florbela Espanca photo
Publicidade
Ambrose Bierce photo
Clarice Lispector photo
William Shakespeare photo
Publicidade
Paulo Coelho photo
Antonio Skármeta photo
Jean Paul Sartre photo

„É preciso ter a coragem de fazer como todo mundo para não ser como ninguém.“

—  Jean Paul Sartre Filósofo existencialista, escritor, dramaturgo, roteirista, ativista político e crítico literário francês 1905 - 1980
p. 131)

Publicidade
Carlos Drummond de Andrade photo
Luis Fernando Verissimo photo