„Não se deve entender como pirata uma pessoa agindo sob constrangimento, mas sim alguém que age livremente. Pois nesse caso, não é o ato em si mesmo que torna alguém culpado, mas sim a sua livre vontade de cometê-lo.“

Última atualização 18 de Janeiro de 2019. História
Daniel Defoe photo
Daniel Defoe13
escritor inglês conhecido pela sua obra "Robinson Crusoé" 1660 - 1731

Citações relacionadas

Alberto Moravia photo
Albert Camus photo
Victor Hugo photo

„O que falta às pessoas não é força, e sim, vontade.“

—  Victor Hugo poeta, romancista e dramaturgo francês 1802 - 1885

Carlos Ruiz Zafón photo
Stanisław Jerzy Lec photo
Luigi Pirandello photo

„Abrir-se com alguém, isto sim é realmente coisa de louco!“

—  Luigi Pirandello dramaturgo, poeta e romancista siciliano 1867 - 1936

David B. Haight photo
Fernando Pessoa photo
Epiteto photo

„Não devemos acreditar na maioria que diz que apenas as pessoas livres podem ser educadas, mas sim acreditar nos filósofos que dizem que só as pessoas educadas são livres.“

—  Epiteto 50 - 138

For in these matters we must not believo the many, who say that free persons only ought to bo educated, but we should rather believe the philosophers who say that the educated only are free.
The Discourses of Epictetus: With the Encheiridion and Fragments, página 100 https://books.google.com.br/books?id=kh1qMSA2ZHoC&pg=PA100, Epictetus - Chesterfield soc., 1877 - 452 páginas

Oscar Wilde photo
Richard Bach photo

„Se você ama alguém, deixe-o livre. Se ele voltar, é seu. Se não, nunca foi.“

—  Richard Bach 1936

Variante: Se você ama alguém, deixo-o livre; se ele voltar, ele é seu; se não, nunca foi.

Hermann Hesse photo

„Ler um livro é para o bom leitor conhecer a pessoa e o modo de pensar de alguém que lhe é estranho. É procurar compreendê-lo e, sempre que possível, fazer dele um amigo.“

—  Hermann Hesse 1877 - 1962

Ein Buch lesen heißt für den guten Leser: eines fremden Menschen Wesen und Denkart kennenlernen, ihn zu verstehen suchen, ihn womöglich zum Freund gewinnen.
Über Literatur - Página 39, Hermann Hesse - Aufbau-Verlag, 1978, 725 páginas

Lucio Anneo Seneca photo
Søren Kierkegaard photo
Ramakrishna photo

Tópicos relacionados