Frases de Napoleão III de França

Napoleão III de França foto
0  0

Napoleão III de França

Data de nascimento: 20. Abril 1808
Data de falecimento: 9. Janeiro 1873

Publicidade

Napoleão III , foi o 1º Presidente da Segunda República Francesa e, depois, Imperador dos Franceses do Segundo Império Francês. Era sobrinho e herdeiro de Napoleão Bonaparte. Foi o primeiro presidente francês eleito por voto direto. Entretanto, foi impedido de concorrer a um segundo mandato pela constituição e parlamento, organizando um golpe em 1851 e assumindo o trono como imperador no final do ano seguinte.

Pertencente à família Bonaparte, Carlos Luís Napoleão era o terceiro filho do rei Luís I da Holanda e de Hortênsia de Beauharnais e sobrinho de Napoleão Bonaparte. Tornou-se herdeiro do trono imperial após as mortes sucessivas de seu irmão mais velho, Napoleão Luís, e de seu primo, Napoleão Francisco .

Suas primeiras tentativas de golpe de Estado falharam mas, na sequência da Revolução de 1848,conseguiu estabelecer-se na política, sendo eleito deputado e, em seguida, presidente da República. Finalmente, o bem sucedido golpe de 1851 pôs fim à Segunda República e permitiu a restauração imperial em favor de Luís Napoleão. Seu reinado, inicialmente autoritário, evoluiu de forma gradativa após 1859 para o chamado "Império Liberal".

Durante seu reinado, Napoleão III implementou a filosofia política publicada em seus ensaios Idées napoléoniennes e De l'extinction du paupérisme - mistura de romantismo e liberalismo autoritário. Admirador da modernidade britânica, o imperador foi responsável por um considerável desenvolvimento industrial, econômico e financeiro no país e, também, pela reforma urbana de Paris .

Com a derrota na Batalha de Sedan, durante a Guerra Franco-Prussiana, em 2 de setembro de 1870, chegou ao fim o Segundo Império Francês. Em 4 de setembro de 1870, a Terceira República foi proclamada, e Napoleão III partiu para o exílio na Inglaterra, onde morreu em janeiro de 1873.

A intensa hostilidade de Victor Hugo contra o imperador - a quem ele apelidou de "Napoleão, o Pequeno" -, expressa em seus livros e em suas correspondências, os inúmeros panfletos e as diversas críticas de outros autores e os artigos de parte da imprensa política contemporânea participaram do desenvolvimento daquela que muitos historiadores descrevem como "lenda negra" sobre Napoleão III e o Segundo Império.

Citações Napoleão III de França

„Usually, it is man who attacks; as for me, I defend myself, and I often capitulate.“

— Napoleon III
On his numerous mistresses, as quoted in The True Story of the Empress Eugénie (1921) by Guy Jean Raoul Eugène Charles Emmanuel de Savoie-Carignan Soissons, Ccomte de Soissons Variant translation: It is usually the man who attacks. As for me, I defend myself, and I often capitulate. As quoted in The Mistresses : Domestic Scandals of the 19th-Century Monarchs (1966) by E. Cobham Brewer

„In politics evils should be remedied not revenged.“

— Napoleon III
Napoléon III, Des Idées napoléoniennes, edited by Henri Colburn, London (1839), chapter 3, p. 39: En politique il faut guérir les maux, jamais les venger. Translated by James A. Dorr, in: Napoleonic Ideas, Appleton & Co, New York (1859), p. 41