Frases de Joseph Fouché

Joseph Fouché foto
0  0

Joseph Fouché

Data de nascimento: 21. Maio 1759
Data de falecimento: 26. Dezembro 1820

Publicidade

Joseph Fouché, 1º Duque de Otranto, foi um político francês e ministro durante a Revolução Francesa e a era napoleônica, notabilizado pela sua extrema falta de caráter, individualismo e por haver trafegado incólume e com sucesso aos mais conturbados períodos da história de França.

Muitas vezes é chamado, como registrou Otto Flake, o "judas da Revolução" é, também, considerado o fundador da moderna polícia política.De origem humilde, Fouché evoluiu de simples padre professor ao segundo homem mais rico de França. Participou diretamente dos eventos revolucionários, traindo figuras como Robespierre, Barras, Collot, Talleyrand e Napoleão, pessoas a quem em determinado momento jurara fidelidade. Qual um camaleão, foi visto por Honoré de Balzac como "gênio singular", que passou a vida junto ao poder, e à sua sombra - até que finalmente dele foi completamente afastado, até sua morte no esquecimento.

Citações Joseph Fouché

„Terror, salutary terror, is here in truth the order of the day“

— Joseph Fouché
Context: Terror, salutary terror, is here in truth the order of the day; it represses all the efforts of the wicked; it divests crime of all covering and tinsel! In a letter to the Committee of Public Safety while Representative on Mission in the City of Lyon, December 1793; reported in The Court and Camp of Buonaparte (1829), p. 65. See also Caroline Moorehead, Dancing to the Precipice: The Life of Lucie de la Tour Du Pin, Eyewitness to an Era (2010), p. 177, quoting the phrase as "Terror, salutary terror, is the order of the day".

„"It is more than a crime; it is a political fault," —words which I record, because they have been repeated and attributed to others.“

— Joseph Fouché
Memoirs of Fouché. Commonly quoted, "It is worse than a crime,—it is a blunder", and attributed to Talleyrand; reported in Bartlett's Familiar Quotations, 10th ed. (1919).

„Death is an eternal sleep.“

— Joseph Fouché
Inscription placed by his orders on the Gates of the Cemeteries in 1794; reported in Bartlett's Familiar Quotations, 10th ed. (1919).