Frases de João Ubaldo Ribeiro

João Ubaldo Ribeiro foto

12   0

João Ubaldo Ribeiro

Data de nascimento: 23. Janeiro 1941
Data de falecimento: 18. Julho 2014

João Ubaldo Osório Pimentel Ribeiro ComM foi um escritor, jornalista, cronista, roteirista e professor brasileiro, formado em direito e membro da Academia Brasileira de Letras. Foi ganhador do Prêmio Camões de 2008, maior premiação para autores de língua portuguesa. Ubaldo Ribeiro teve algumas obras adaptadas para a televisão e para o cinema, além de ter sido distinguido em outros países, como a Alemanha. É autor de romances como Sargento Getúlio, O Sorriso do Lagarto, A Casa dos Budas Ditosos, que causou polêmica e ficou proibido em alguns estabelecimentos, e Viva o Povo Brasileiro, tendo sido, esse último, destacado como samba-enredo pela escola de samba Império da Tijuca, no Carnaval de 1987. Era pai do ator e apresentador Bento Ribeiro.


„Jogar ovos, tomates e tortas na cara de autoridades e pomposos variados é comportamento relativamente comum nas democracias mais consolidadas, com exceção da americana, onde o pessoal prefere dar tiro mesmo.“

„Então eu acho que se deve experimentar, é uma burrice não experimentar. Quem não usa nada, nem secretamente, é um perigoso louco que possivelmente mataria alguém.“ A Casa dos Budas Ditosos


„Agora, nunca ter querido dar uma escapulidinha de vez em quando, nunca ter fantasiado uma trepada fora é mentira. Mentira que muito raramente pode ser sincera, mas, mesmo nestes casos, não deixa de ser mentira.“ A Casa dos Budas Ditosos

„Desde cedo, os mais velhos procuram mostrar aos novatos na vida que nada resiste ao poder circunspecto da maré, a qual não faz alarde nem estardalhaço, mas ignora o que lhe esteja à frente e cumpre infalivelmente o seu curso, lição que, se for levada em conta, conduz a uma existência bem menos inquieta do que ela sempre procura ser." Fonte: 1ª edição - Rio de Janeiro: Nova Fronteira, p. 74.“

„Ah, Senhor, os dias correm vagarosos como caramujos, os anos não perduram mais que uma fagulha, o passado não acaba nunca.“ O albatroz azul

„Pertenço a um país onde a gente se sente o máximo porque conseguiu 'puxar a tevê a cabo do vizinho, onde a gente frauda a declaração de imposto de renda para não pagar ou pagar menos impostos.“

„Nem licor de bombom eu bebo mais.“

„Sou realista. Eu não creio mais no futuro da humanidade como espécie. As evidências estão começando a se acumular. Furacão no Brasil, ciclone, esse tempo que está fazendo, o derretimento das calotas polares. A humanidade é uma espécie estúpida que se mata desde as cavernas. Só que, agora, com técnicas mais eficientes. Não acredito na sobrevivência da humanidade, por conseqüência, não acredito na sobrevivência do Brasil.“


„Não tenho experiência de suruba. Sou de outra época. Lamentavelmente, nunca fui um surubista. Acho que hoje o sexo murchou. Mas sou suspeito para falar. Estou praticamente aposentado.“

„Gastei um poço de petróleo por dente.“

„Não fossem esses conhecimentos, a iluminação não teria vindo ou, mais provavelmente, viria e não seria notada pois muito daquilo que os desavisados chamam de sobrenatural é na verdade outra das incontáveis faces do natural, não percebida pelos sentidos rudes ou mirrados da grante maioria." Fonte: 1ª edição - Rio de Janeiro: Nova Fronteira, p. 57.“

„A previsão é capaz de afetar o evento previsto, de forma que, por ser correta, acaba se tornando falsa, e vice-versa. Se o bom vidente, por exemplo, qualquer que seja a modalidade de sua vidência, diz ao consulente que, se não fizer tal coisa, terá grange prejuízo, o consulente faz essa coisa e, por conseguinte, não tem o prejuízo, desta maneira passando a previsão de certa no início para errada no final, estando certa porque estava errada, e errada porque estava certa." Fonte: 1ª edição - Rio de Janeiro: Nova Fronteira, p. 61.“


„The way you ask a question chooses its answer.“ An Invincible Memory

„A superstição perniciosa generalizada é que é preciso deletar o anterior, para aceitar o novo. Que pobreza, que pobreza, que pobreza, que atraso! Se a memória aceita, se o perfil confere, se a senha foi dada, roda os dois programas ao mesmo tempo, roda os três, roda os vinte, porra!“ A Casa dos Budas Ditosos

„Ah, como passam as coisas deste mundo, nada do que se contrói é perene, nada do que se faz é bem lembrado além de seu tempinho, nada fica como está, nunca se volta, nunca se volta.“ Viva o Povo Brasileiro

„Sem o momento, não existiriam nem a antecipação nem a lembrança, mas como os dois são melhores que o momento!“ A Casa dos Budas Ditosos

Autores parecidos