Frases de Antônio Carlos Magalhães

Antônio Carlos Magalhães photo
19   0

Antônio Carlos Magalhães

Data de nascimento: 4. Setembro 1927
Data de falecimento: 20. Julho 2007

Antônio Carlos Peixoto de Magalhães GCC • GOIH • GCIH • GOB foi um médico, empresário e político brasileiro com base eleitoral na Bahia, estado que governou por três vezes , além de ter sido eleito senador em 1994 e em 2002. Egresso da UDN, ARENA e PDS, teve o PFL/DEM como sua última agremiação partidária. Era conhecido pelo acrônimo ACM.

Citações Antônio Carlos Magalhães

„CPI é uma maneira esdrúxula de não se chegar a resultado algum.“

—  Antônio Carlos Magalhães

Sobre a criação de Comissões Parlamentares de Inquérito contra o governo FHC. Novembro de 1998

„Só duas siglas pegaram neste país: JK e ACM.“

—  Antônio Carlos Magalhães

Sobre a forma como Juscelino Kubitschek (JK) e Antonio Carlos Magalhães (ACM) são chamados. Livro "Política é Paixão", em Dezembro de 1995

„Fui escolhido por Tancredo e ratificado por Sarney. Eu sou a Nova República.“

—  Antônio Carlos Magalhães

Como ministro das Comunicações, outubro de 1985

„A mídia é safada.“

—  Antônio Carlos Magalhães

Antônio Carlos Magalhães, na "Folha de São Paulo", 28/04/2001

„Saio e deixo o Júnior aqui. Seria a mesma coisa que se eu estivesse ocupando a vaga.“

—  Antônio Carlos Magalhães

Ao renunciar após o escândalo da quebra do sigilo do painel do Senado. Seu filho, Antonio Carlos Magalhães Júnior, assumiu como suplente. Maio de 2001 http://www1.folha.uol.com.br/folha/brasil/2001-acm-frases.shtml

„A maldição do governo pegou nele.“

—  Antônio Carlos Magalhães

Antonio Carlos Magalhães, ex-senador (PFL-BA), sobre o fraco desempenho do ministro José Serra nas pesquisas para a Presidência; citado em Revista Veja http://veja.abril.com.br/241001/vejaessa.html, Edição 1 723 - 24 de outubro de 2001.

„Sarney é um cavalo vencedor.“

—  Antônio Carlos Magalhães

Antonio Carlos Magalhães, presidente do Senado, mantendo a esperança de que o ex-presidente concorra ao comando do Senado
Fonte: Revista Veja http://veja.abril.com.br/201200/vejaessa.html, Edição 1 680 - 20 de dezembro de 2000.

„A Sudam é o maior covil de ladrões.“

—  Antônio Carlos Magalhães

Antonio Carlos Magalhães, presidente do Senado
Fonte: Revista Veja http://veja.abril.com.br/061200/vejaessa.html, Edição 1 678 - 6 de dezembro de 2000.

„Não eram óculos; era um Chanel.“

—  Antônio Carlos Magalhães

Antonio Carlos Magalhães, explicando os óculos escuros com os quais apareceu na segunda-feira passada
Fonte: Revista Veja http://veja.abril.com.br/221100/vejaessa.html, Edição 1 676 - 22 de novembro de 2000

„Eu gosto que me carreguem, eu gosto de ver o povo gritando meu nome, eu gosto é do poder.“

—  Antônio Carlos Magalhães

Fonte: Revista Veja http://veja.abril.com.br/231298/p_012.html de 23/12/98

„Falou, falou, falou e não disse nada.“

—  Antônio Carlos Magalhães

Antonio Carlos Magalhães, presidente do Senado, após ouvir o cansativo discurso do colega Pedro Simon
Fonte: Revista Veja, Edição 1 675 - 15/11/2000 http://veja.abril.com.br/151100/vejaessa.html

„Bancar o valente nessa área da corrupção não dá.“

—  Antônio Carlos Magalhães

Antonio Carlos Magalhães, presidente do Senado, reagindo contra a recusa do deputado Eurico Miranda de depor na CPI do Futebol
Fonte: Revista Veja, Edição 1 674 - 8/11/2000 http://veja.abril.com.br/081100/vejaessa.html

„Eu sou um joão-ninguém.“

—  Antônio Carlos Magalhães

Antonio Carlos Magalhães, presidente do Senado, modesto sobre os 10% na preferência popular para a sucessão de FHC
Fonte: Revista Veja, Edição 1 672 - 25/10/2000 http://veja.abril.com.br/251000/vejaessa.html

„O governo tem de tomar logo tudo.“

—  Antônio Carlos Magalhães

Antonio Carlos Magalhães, presidente do Senado, referindo-se aos bens do juiz Nicolau
Fonte: Revista Veja, Edição 1 663 - 23/8/2000 http://veja.abril.com.br/230800/vejaessa.html

„Se não é para usar o Exército numa situação como essa, para que então? Para invadir a Casa Branca?“

—  Antônio Carlos Magalhães

Antonio Carlos Magalhães, presidente do Senado, usando o episódio do Rio para cantar seu samba de uma nota só de botar as Forças Armadas contra o crime; citado em Revista Veja, Edição 1 654 -21/6/2000 http://veja.abril.com.br/210600/vejaessa.html

Autores parecidos

Roberto Campos photo
Roberto Campos69
Economista, diplomata e político matogrossense
Fernando Henrique Cardoso photo
Fernando Henrique Cardoso60
Sociólogo e político brasileiro, ex-presidente do Brasil
Luiz Inácio Lula da Silva photo
Luiz Inácio Lula da Silva154
político brasileiro, 35º presidente do Brasil
Paulo Freire photo
Paulo Freire71
filósofo e educador brasileiro
Olavo de Carvalho photo
Olavo de Carvalho39
astrólogo brasileiro
Cora Coralina photo
Cora Coralina34
poetisa e contista brasileira
Paulo Coelho photo
Paulo Coelho390
escritor e letrista brasileiro
Augusto Cury photo
Augusto Cury243
Psiquiatra e Escritor brasileiro
Aniversários de hoje
Albert Einstein photo
Albert Einstein297
1879 - 1955
Monteiro Lobato photo
Monteiro Lobato34
escritor brasileiro 1882 - 1948
Antônio Fagundes photo
Antônio Fagundes6
ator brasileiro 1949
PC Siqueira photo
PC Siqueira17
Youtuber, vlogger, ilustrador e apresentador brasileiro 1986
Outros 44 aniversários hoje
Autores parecidos
Roberto Campos photo
Roberto Campos69
Economista, diplomata e político matogrossense
Fernando Henrique Cardoso photo
Fernando Henrique Cardoso60
Sociólogo e político brasileiro, ex-presidente do Brasil
Luiz Inácio Lula da Silva photo
Luiz Inácio Lula da Silva154
político brasileiro, 35º presidente do Brasil
Paulo Freire photo
Paulo Freire71
filósofo e educador brasileiro
Carlos Drummond de Andrade photo
Carlos Drummond de Andrade213
Poeta brasileiro