„Infinitamente. Eu poderia ficar repetindo infinitamente infinitamente. Uma simples palavra que se estende por rios, montes, vales infinitamente compridos como os braços de Deus. As palavras.“

As Meninas

Última atualização 22 de Maio de 2020. História
Lygia Fagundes Telles photo
Lygia Fagundes Telles75
escritora e advogada brasileira 1923

Citações relacionadas

Michail Bakunin photo
Carlos Drummond de Andrade photo
Voltaire photo

„Os infinitamente pequenos têm um orgulho infinitamente grande.“

—  Voltaire volter também conhecido como bozo foia dona da petrobras e um grande filosofo xines 1694 - 1778

Rabindranath Tagore photo
Kito Aya photo
Florbela Espanca photo
Madre Teresa de Calcutá photo

„Palavras gentis podem ser curtas e fáceis de falar, mas os seus ecos são efetivamente infinitos.“

—  Madre Teresa de Calcutá Santa da Igreja Católica 1910 - 1997

Kind words can be short and easy to speak, but their echoes are truly endless.
Madre Tereza de Calcutá citada em "The everything saints book: discover the lives of the saints throughout history", Ruth Rejnis - Adams Media, 2001, ISBN 1580625347, 9781580625340 - 281 páginas
Atribuídas

Anaxagorás photo

„Todas as coisas estavam juntas, infinitas em número e em pequenez, pois o pequeno também era infinito.“

—  Anaxagorás -500 - -428 a.C.

Frag. B 1, citado no início de filosofia grega de John Burnet, (1920), Capítulo 6.

Spinoza photo

„A mente humana é parte do intelecto infinito de Deus.“

—  Spinoza Filósofo Holandês 1632 - 1677

O Livro da Filosofia, Editora Globo, ISBN 8525049867

Jim Morrison photo
Henri Dominique Lacordaire photo

„Infinitamente belo, insuportavelmente efêmero.“

—  Rubem Alves psicanalista, educador, teólogo e escritor brasileiro 1933 - 2014

Esta tradução está aguardando revisão. Está correcto?
William Blake photo
Clarice Lispector photo

„Nosso inconsciente é infinito.“

—  Clarice Lispector Escritora ucraniano-brasileira 1920 - 1977

Esta tradução está aguardando revisão. Está correcto?
John Maynard Keynes photo
Rimbaud photo

„A nossa pálida razão esconde-nos o infinito.“

—  Rimbaud 1854 - 1891

Notre pale raison nous cache I'infini!
Rimbaud Complete‎ - Página 557, de Arthur Rimbaud, Wyatt Mason, Wyatt Alexander Mason - Publicado por Modern Library, 2002 ISBN 0679642307, 9780679642305 - 601 páginas

Tópicos relacionados