„Todo o mercado de sentimentos e sensações subiu - o choque, o escândalo encontram-se a um preço inacessível ao homem comum. É preciso fazer mais do que sofrer uma intoxicação por gás, ou cortar os pulsos.“

—  Saul Bellow, livro Herzog

Herzog

Última atualização 22 de Maio de 2020. História
Saul Bellow photo
Saul Bellow13
escritor canadense 1915 - 2005

Citações relacionadas

António Lobo Antunes photo
Milan Kundera photo
Francis Bacon photo
Eduardo Galeano photo

„A liberdade de mercado permite que você aceite os preços que lhe são impostos.“

—  Eduardo Galeano 1940 - 2015

La libertad de mercado te permite aceptar los precios que te imponen
Las palabras andantes‎ - Página 61, de Eduardo Galeano, José Borges - Publicado por Siglo XXI, 1994, ISBN 9682319013, 9789682319013 - 328 páginas
Outras

Johnny Rotten photo
Patrícia Pillar photo

„A Ana Paula Arósio é tão linda que as outras atrizes da Globo deveriam ir para casa cortar os pulsos“

—  Guilherme Karan 1957 - 2016

sobre Ana Paula Arósio; citado em Revista Veja http://veja.abril.com.br/231298/p_012.html, Edição 1578, de 23/12/1998

Paul Bourget photo
Itamar Franco photo
Heinrich Heine photo
Tati Bernardi photo
Alexis Carrel photo
Michael Jackson photo

„Cortaria meus pulsos antes da fazer mal à alguma criança.“

—  Michael Jackson cantautor, compositor e intérprete americano 1958 - 2009

Em entrevista a Diane Sawyer, em 1995.
Atribuídas

Elbert Hubbard photo

„A máquina pode fazer a tarefa de 50 homens comuns. Máquina nenhuma é capaz de fazer o trabalho de um homem extraordinário.“

—  Elbert Hubbard 1856 - 1915

One machine can do the work of fifty ordinary men. No machine can do the work of one extraordinary man
Preachments: Elbert Hubbard's Selected Writings‎ - Página 454, Elbert Hubbard - Kessinger Publishing, 1998, ISBN 0766103854, 9780766103856 - 480 páginas

Lancelot Andrewes photo
Heráclito photo
Adam Smith photo

„Pessoas do mesmo ofício raramente se encontram, mesmo que em alegria ou diversão, mas se tiver lugar, a conversa acaba na conspiração contra o público, ou em qualquer artifício para fazer subir os preços.“

—  Adam Smith 1723 - 1790

People of the same trade seldom meet together, even for merriment and diversion, but the conversation ends in a conspiracy against the public, or in some contrivance to raise prices
An inquiry into the nature and causes of the wealth of nations. With notes, and an additional vol., by D. Buchanan - Volume 1, Página 215 http://books.google.com.br/books?id=l2EUAAAAQAAJ&pg=PA215, Adam Smith, David Buchanan - 1814
Atribuídas

Paulo Leminski photo

Tópicos relacionados