„De todas as enfermidades que acometem o espírito, o ciúme é aquela a qual tudo serve de alimento e nada serve de remédio.“

—  Montaigne

Última atualização 18 de Janeiro de 2019. História

Citações relacionadas

„Democracia serve para todos ou não serve para nada.“

—  Betinho cantor, compositor e guitarrista brasileiro 1918 - 2000

citado em "Revista meu sonho não tem fim" - Página 15 http://books.google.com.br/books?id=HjK2HYzGg4IC&pg=PA15, 2007, ONG Projetos Sociais Meu Sonho Não Tem Fim
Atribuídas

François de La  Rochefoucauld photo
Théophile Gautier photo

„Informação sem inteligência para nada serve“

—  Luciano Henrique Trindade 1974

Em palestra sobre gestão - São Paulo, 2004

Gabriel García Márquez photo

„A sabedoria nos chega quando já não serve para nada.“

—  Gabriel García Márquez 1927 - 2014

Variante: A sabedoria nos chega quando já não serve para nada

Jules Renard photo
Jean Cocteau photo
Menandro photo

„Serve livremente e não serás servo.“

—  Menandro autor grego da comédia nova -342 - -291 a.C.

Fernando Cardenal photo

„Aquele que não serve para servir, não serve para viver.“

—  Fernando Cardenal 1934 - 2016

Fonte: El gran jesuita http://www.elnuevodiario.com.ni/especiales/308900-gran-jesuita/, em espanhol, acesso em 21 de fevereiro de 2016.

Miguel de Cervantes photo

„Essa enfermidade a que os amantes chamam de ciúme, e a que melhor chamariam desespero raivoso, tem por componentes a inveja e o menosprezo. Quando tal enfermidade domina a alma enamorada, não existe ponderação que a sossegue, nem remédio que a possa curar.“

—  Miguel de Cervantes 1547 - 1616

esta enfermedad que los amantes llaman celos, que la llamaran mejor desesperacion rabiosa, entran ála parte con ella la envidia y el menosprecio, y cuando una vez se apodera del alma enamorada, no hay consideracion que la sosiegue, ni remedio que la valga
Trabajos de Persiles y Sigismunda - página 255 http://books.google.com.br/books?pg=PA255, Miguel de Cervantes Saavedra, Librería de San Martín, Plus Ultra, 1859, 360 páginas

Gabriel García Márquez photo
Paul Valéry photo
Henri Bergson photo
Anton Pavlovitch Tchékhov photo
Tati Bernardi photo
Jean De La Fontaine photo
Jules Renard photo

Tópicos relacionados