„As nuvens, meu irmão, são leviandades da criação“

Última atualização 30 de Outubro de 2021. História
Millôr Fernandes photo
Millôr Fernandes283
cartunista, humorista e dramaturgo brasileiro. 1923 - 2012

Citações relacionadas

Ludwig Börne photo
Oscar Wilde photo

„Os juízes, como as classes criminais, têm os seus momentos de leviandade.“

—  Oscar Wilde Escritor, poeta e dramaturgo britânico de origem irlandesa 1854 - 1900

Jean Cocteau photo
François de La  Rochefoucauld photo
Paulo Leminski photo
Francisco de Assis photo
Camilo Castelo Branco photo
Gaston Bachelard photo
Alphonse De Lamartine photo
Salustio photo
Joseph Addison photo
José Saramago photo
Mário Quintana photo

„Vento: Pastor das nuvens.“

—  Mário Quintana Escritor brasileiro 1906 - 1994

Dalai Lama photo

„Veja as nuvens


Tens tu notícia do equilíbrio das nuvens e das maravilhas daquele que é perfeito em conhecimento? v.16


Um dia, muitos anos atrás, meus meninos e eu estávamos deitados de costas no quintal vendo as nuvens passarem. “Pai”, perguntou um, “por que as nuvens flutuam?” “Bem, filho”, comecei, com a intenção de lhe dar o benefício de meu vasto conhecimento, mas depois caí em silêncio. “Não sei, mas vou descobrir para você.”

Descobri que a umidade é condensada, descendo por gravidade, e encontra temperaturas mais quentes que sobem do solo. Essa umidade se transforma em vapor e sobe de volta ao ar. Essa é uma explicação natural para o fenômeno.

Mas explicações naturais não são as respostas finais. As nuvens flutuam porque Deus, em Sua sabedoria, ordenou as leis naturais de tal maneira que revelam as “maravilhas daquele que é perfeito em conhecimento” (v.16). As nuvens podem então ser pensadas como um símbolo — um sinal exterior e visível da bondade e graça de Deus na criação.

Então, um dia, quando você estiver tomando algum tempo para ver que imagens você pode imaginar nas nuvens, lembre-se disso: Aquele que fez todas as coisas bonitas faz as nuvens flutuarem pelo ar. Ele faz isso para nos chamar à admiração e à adoração. Os céus, até mesmo os cúmulos, estratos e nuvens cirros, declaram a glória de Deus.

A criação está cheia de sinais 
que apontam para o Criador. David H. Roper“

—  pão_diário_é_só_noticias_boas

Francesco Guicciardini photo
Vergílio Ferreira photo

Tópicos relacionados