„É melhor aproveitar esta solidão indesejada para namorar um pouco a si mesma e ir se preparando para o amor que vem.“

Martha Medeiros photo
Martha Medeiros331
escritora e jornalista brasileira 1961

Citações relacionadas

Vinícius de Moraes photo

„Mesmo o amor que não compensa é melhor que a solidão.“

—  Vinícius de Moraes cantor, poeta, compositor e diplomata brasileiro 1913 - 1980

Variante: Mesmo o amor que não compensa é melhor que a solidão

Arthur Schopenhauer photo

„O que torna as pessoas sociáveis é a sua incapacidade de suportar a solidão e, nela, a si mesmos.“

—  Arthur Schopenhauer, livro Parerga e Paralipomena

Was die Menschen gesellig macht, ist ihre Unfähigkeit, die Einsamkeit, und in dieser sich selbst, zu ertragen.
Parerga und Paralipomena: kleine philosophische Schriften, página 402 https://books.google.com.br/books?id=_nERAAAAYAAJ&pg=PA402, Arthur Schopenhauer - A.W. Hahn, 1851

Friedrich Nietzsche photo

„O falso amor de si mesmo transforma a solidão em prisão.“

—  Friedrich Nietzsche, livro Assim Falou Zaratustra

Eure schlechte Liebe zu euch selber macht euch aus der Einsamkeit ein Gefängnis.
Also Sprach Zarathustra; Jenseits von Gut und Böse - Página 65, Friedrich Wilhelm Nietzsche, ‎Alfred Baeumler - A. Kröner, 1930
Assim falou Zaratustra

Horacio photo
Anaïs Nin photo

„O inimigo de um amor nunca vem de fora, não é homem ou mulher, é o que falta em nós mesmos“

—  Anaïs Nin, livro A Spy in the House of Love

A Spy in the House of Love
Variante: O inimigo de um amor nunca vem de fora, não é homem ou mulher, é o que falta em nós mesmos.

Paulo Coelho photo
Vinícius de Moraes photo
Raul Seixas photo

„Porque que sempre a solidão vem junto com o Luar?“

—  Raul Seixas cantor e compositor brasileiro 1945 - 1989

Marquês de Maricá photo
Antoine de Saint-Exupéry photo

„Cada um que passa em nossa vida, passa sozinho, mas não vai só, nem nos deixa sós; leva um pouco de nós mesmos, deixa um pouco de si mesmo.“

—  Antoine de Saint-Exupéry 1900 - 1944

citado em "Psicopedagogia - um modelo fenomenologico" - Página 179 http://books.google.com.br/books?id=M3oFtZ7VxyQC&pg=PA179, Roseli Bacili Laurenti - Vetor Editora, 2004, ISBN 8575850652, 9788575850657 - 202 páginas

„Lorem ipsum dolor sit amet, consectetuer adipiscing elit. Etiam egestas wisi a erat. Morbi imperdiet, mauris ac auctor dictum.“