„Namorar é dar amor“

Tópicos
amor, amor

Citações relacionadas

Regiane Alves photo

„Nunca soube direito o que é namorar“

—  Regiane Alves Atriz brasileira 1978

aos 24 anos, tendo se casado com 19
Fonte: Revista ISTO É, Edição 1752.

Martha Medeiros photo
Ivete Sangalo photo

„Quer tranqüilidade? Vai namorar um bancário“

—  Ivete Sangalo cantora, compositora, instrumentista, atriz, apresentadora e empresária brasileira 1972

No dia 16, no Esporte Espetacular, sobre as torcidas de futebol cantarem sua música nos estádios

Charles Lamb photo
Renée Zellweger photo

„Gostaria de namorar também o príncipe William. Será que alguém pode providenciar?“

—  Renée Zellweger 1969

respondendo ironicamente se estaria namorando o príncipe Andrew
Fonte: IstoÉ Independente.
Fonte: Frases, IstoÉ Independente http://istoevip.terra.com.br/assuntos/frase/paginar/451,

Millôr Fernandes photo
Clarice Lispector photo

„Amor será dar de presente a outro a própria solidão? Pois é a coisa mais última que se pode dar de si.“

—  Clarice Lispector Escritora ucraniano-brasileira 1920 - 1977

Variante: Amor será dar de presente ao outro a própria solidão? Pois é a última coisa que se pode dar de si.

Wayne Walter Dyer photo
Gabriel Chalita photo
Cássia Kis Magro photo

„Quero uma pretinha, uma daquelas bem desgraçadas, para lhe dar muito amor“

—  Cássia Kis Magro Atriz brasileira 1958

declarando que quer adotar uma criança
Fonte: Revista ISTO É, Edição 1723.

Katharine Hepburn photo
Propércio photo

„No Amor muito auxiliam constância e lealdade: / quem muito pode dar, muito há de amar.“

—  Propércio -47 - -14 a.C.

"Multum in Amore fides, multum constantia prodest: / qui dare multa protest, multa et amare prodest"
Elegias. 2.26b.27-8 https://books.google.com.br/books?id=8RGdCgAAQBAJ&pg=PT172. Sexto Propércio; tradução e organização de Guilherme Gontijo Flores.
Segundo Flores, este dístico é considerado como espúrio por S. J. Heyworth.
Fonte: Sexto Propércio. Elegias de Sexto Propércio; organização, introdução, tradução e notas: Guilherme Gontijo Flores. Belo Horizonte: Autêntica Editora, 2014. página 371. Nota referente a elegia 2.26b.27-8.

„Lorem ipsum dolor sit amet, consectetuer adipiscing elit. Etiam egestas wisi a erat. Morbi imperdiet, mauris ac auctor dictum.“